ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Blogueira Yoani Sánchez já pode sair de Cuba


A blogueira cubana Yoani Sánchez anunciou em sua conta no Twitter que recebeu o passaporte, com o qual poderá deixar Cuba.

Uma das principais vozes da oposição ao regime atualmente comandado por Raúl Castro, Yoani se beneficiou do fim das medidas que proibiam o livre deslocamento de cubanos para fora do país. O relaxamento das normas é parte das medidas de abertura do regime.

Yoani já havia pedido autorização várias vezes para participar de eventos no exterior, inclusive no Brasil. Todas as vezes teve seus pedidos negados.

Fonte: Agência Brasil

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Tragédia em Santa Maria (RS) O que dizer? Vem ai o Fiscal da Comunidade

Bem, nestes momentos de grandes tragédias, as pessoas ficam mais sensíveis, mais consternadas, ou seja, nossa emoção fica aflorada, e toma conta das pessoas de uma forma geral.

A foto ao lado, mostra profissionais que tem preparo, são treinados e com vocação para verem cenas fortes. Mas dentro de cada um deles, tem um ser humano. Que quando para, pensa, reflete, nem sempre da pra segurar.

O que esta sendo falado e comentado tanto nos noticiários nacionais, como nos internacionais, é de quem foi a culpa - o que podia ter sido feito - que autoridade falhou, e não fiscalizou, enfim.

Mas uma coisa é certa, teve culpa da direção da boate, onde não preparou mais saídas de emergência, dos seguranças que talvez no cumprimento de ordem, pouco pensaram sobre o que estava acontecendo de fato, culpa da(s) autoridade(s) que não fiscalizaram a lotação da casa, ou se o local era seguro para os frequentadores.

Parte da culpa é do povo
É duro dizer isto, mas os frequentadores do local, ou seja, o povo tem sua parcela de culpa sim, pois como consumidores, temos que questionar, avaliar, conhecer o produto ou serviço que consumimos, afinal, esta sendo pago. E não temos que ser cobaias e passar por experiência, ainda mais desagradável.

Quando você vai em um hospital, seja ele público ou privado, e vê algo errado, onde podia denunciar, ou reclamar para o responsável, ou autoridade e não o faz - acaba sendo conivente.

Tem um provérbio bíblico que diz assim: "O que tem parte com o ladrão odeia a sua própria alma; ouve maldições, e não o denuncia. Provérbios 29:24". E ai? Como fica?

Quando uma pessoa da bola, grana, propina para um fiscal liberar uma obra, uma licença, contribui para o descaso.

No meu entendimento, qualquer cidadão, que vê alguma coisa errada, onde poderia perder dez, vinte minutos ou meia hora para informar as autoridades, ou quem de responsabilidade, sobre algo errado e não o faz, me desculpe, não tem nem o direito de emocionar, mas sim, de refletir, de como a partir desta tragédia, pode sim, como ser humano, fazer sua parte, e juntos, fazermos uma sociedade melhor.

Não adianta cobrarmos da prefeitura, a rua mais limpa, temos que como cidadão, não jogar lixo na rua, varrermos a frente de nossa casa, em fim, cada um fazendo sua parte, teremos não uma sociedade cem por cento correta, mas com certeza, uma cidade melhor. Afinal, o dinheiro é importante sim, mas não pode valer mais do que uma vida.

Sexta-feira agora, fui em uma consulta médica, onde quem iria me atender, colocou a luva, pegou na caneta, escreveu, pegou no mouse do computador, manuseou, pingou gotas de álcool na luva, e quando veio me examinar, questionei sobre o modo se havia procedimentos de higiene, ela se estressou, não gostou, não havia um responsável na unidade, não pude ver o alvará da Vigilância Sanitária, onde a responsável administrativa ficou de dar o retorno hoje, e nada. Ou seja, descaso com o povo.

Vem ai - Fiscal da Comunidade
Sendo assim, pensando em como cobrar melhor, e fazer valer ainda mais o direito do cidadão, e criar mais um instrumento de cobrança na internet, integrado com redes sociais, e interação não só minha como blogueiro e cidadão, como futuramente para todos, estou lançando o site Fiscal da Comunidade: http://fiscaldacomunidade.com.br/

Neste site, já tem algumas demandas e postagens a qual já postei em meu blog - com cobranças e questionamentos de serviços, tantos público, como de comércio, vamos aperfeiçoar, e ampliar para que todos que queiram fazer valer seus direitos, possam ter acesso, e cobrar competência dos incompetentes.

Posso estar com o pensamento errado. Mas penso que tenho feito minha parte.

E você?




quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

#UtilidadePública - Veja vagas de emprego nos PAT's do Alto Tietê

Veja a relação dos PAT's - Postos de Atendimento ao Trabalhador no Alto Tietê

Mogi das Cruzes
Endereço: Avenida Cândido Xavier de Almeida Souza, 117, Centro Cívico
Informações: 4699-1900

Itaquaquecetuba
Endereço: Estrada de Santa Isabel, 1.100, Monte Belo
Informações: 4642-1116

Ferraz de Vasconcelos
Endereço: Avenida Américo Trufeli, 60, Conjunto Residencial José C. Moriel
Informações: 4676-7773

Poá
Endereço: Praça dos Expedicionários, Centro, 31, Poá
Informações: 4639-7854

Arujá
Endereço: Rua Professor João Feliciano, 75, Bairro Barbosa
Informações: 4653-4057

Santa Isabel
Endereço: Praça Fernando Lopes, 32, Centro, Santa Isabel
Informações: 4657-4452

Suzano
Endereço: Rua Benjamin Constant, 1.375, Centro, Suzano
Informações: 4742-5514

Veja a relação de vagas, acessando o link: http://migre.me/cXZzK

Mais Informações acessar: http://www.emprego.sp.gov.br/



quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

#Satisfação #Profissional


A maior parte dos profissionais brasileiros está insatisfeita no trabalho. Pesquisa revela que os principais motivos da insatisfação profissional são: o salário, o ambiente no emprego e a falta de reconhecimento.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Justiça em Questão aborda o tema Psicopatia - Assista a série e veja o acusado de matar o blogueiro Décio Sá

De acordo com a psiquiatria, o transtorno de personalidade antissocial - popularmente conhecido como psicopatia - é caracterizado por padrões de comportamento que dificultam a convivência de seus portadores com as pessoas à sua volta.
Mas será que existem indivíduos que são definitivamente incapazes de respeitar regras e leis? Para discutir essas questões, a psicóloga judicial do Tribunal de Justiça de Minas Gerais Gabriela Mansur conversa com o apresentador Joubert Oliveira.


Assista a série de reportagem:



Psicopatia - Transtorno de personalidade antissocial


Psicopatia - Sofrimento mental



Psicopatia - Exames criminológicos


Psicopatia - Prisões para psicopatas



Exclusivo: veja entrevista com um dos maiores matadores do país, entre eles, o acudado de matar o blogueiro Décio Sá

Em reportagem exclusiva ao programa Domingo Espetacular, Jonathan Silva, de 24 anos, acusado de matar pelo menos 50 pessoas, entre eles, o blogueiro Décio Sá, revela detalhes chocantes de seus crimes. Olhar assustador, frieza e mente perturbada. Veja como é a mentalidade de um dos maiores matadores do Brasil.


Ficha técnica programa Justiça em Questão:
Apresentador: Joubert Oliveira
Roteiro: Paula Teixeira / Juliano Dias de Lima
Repórteres: Lígia Tolentino, Silvana Monteiro
Equipe de produção: Eduardo Júnior, Eduardo Klein, Juliano Dias de Lima, Paula Teixeira, Silvana Monteiro
Imagens: Gilson Guimarães, Herbert Cabral, Karl Laguna
Edição/Finalização: Wilson Reynaud
Direção de imagens: Felipe Cesário
Supervisão: Valéria Vianna, Wilson Menezes, Letícia Lima

sábado, 12 de janeiro de 2013

Direito autoral na internet - Artigos de blog, pode ser copiado?

A internet é terra de ninguém? O conteúdo postado em um blog, por exemplo, está protegido pela Lei do Direito Autoral? Confira na reportagem do programa Justiça em Questão.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Balanço do Diretor-executivo da Anistia Internacional Brasil do ano de 2012

Prezados amigos e amigas,

O ano de 2012 foi muito importante para o trabalho da Anistia Internacional com muitos acontecimentos significativos no Brasil e no mundo.

Primeiro, agradecemos pelo apoio recebido em dezembro durante a Maratona de Cartas e o lançamento do relatório sobre os Defensores de Direitos Humanos nas Américas. A Maratona de Cartas “Escreva por Direitos” é um evento mundial e, neste ano, alcançamos mais de um milhão e trezentas mil assinaturas e ações em mais de 80 países. Por isso, agradecemos a cada um que apoiou, compartilhou e divulgou ações, e atuou durante o evento.
Agencia Brasil
Maratona de Cartas. Foto de AF Rodrigues

Além das cartas, organizamos atos públicos e tivemos uma boa repercussão na mídia sobre os casos de defensores de direitos humanos. Vejam abaixo trechos da cobertura no Brasil:
Defender direitos humanos tem um preço alto, diz Anistia Internacional Brasil Globo News
Reportagem da TV Futura sobre a Maratona de Cartas de Anistia Internacional
Confiram abaixo uma visão geral do ano de 2012:

Síria
Acompanhamos de perto a situação da Síria e os abusos de direitos humanos no país. A pesquisadora Donatella Rovera mandou informações diretamente de Aleppo e outras cidades na Síria. Ao longo do ano, pedimos que todas as partes envolvidas no conflito coloquem asegurança da população civil em primeiro lugar.
A situação crítica dos Guarani-Kaiowás no Brasil
Houve grande manifestação dos brasileiros em solidariedade aos Guarani-Kaiowás, dando visibilidade à causa desse povo que luta por seus direitos. Ao longo da última década, a Anistia Internacional registrou assassinatos, ameaças de morte contra líderes indígenas, trabalho escravo, desnutrição, remoções violentas e a destruição de plantações e propriedades. Com processos judiciais emperrados, mais de mil famílias Guarani-Kaiowásvivem à margem das rodovias. Em 2013, continuaremos pressionando para que as autoridades enfrentem essa situação com urgência.

“Somos da Maré e temos direitos”
Lançamos a campanha “Somos da Maré e temos direitos” em parceria com a Redes da Maré e o Observatório de Favelas. A campanha tem o objetivo de conscientizar os moradores a respeito de seus direitos e do padrão legal para a abordagem policial, prevenindo contra abusos e ações desrespeitosas por parte das forças policiais. Através de ações como essa, buscamos garantir os direitos dos moradores da comunidade a uma vida livre de violência.
Agencia Brasil
Campanha “Somos da Maré e temos direitos”. Foto Renata Neder.

Campanha Mundial para o Controle de Armas
A Anistia Internacional defende a adoção de uma “regra de ouro” – a proibição de que transações envolvendo armas sejam realizadas com governos ou grupos que cometem violações maciças de direitos humanos, como as que ocorrem atualmente na Síria.

Em 2013, continuaremos a nossa ação colocando pressão nos países membros da ONU durante as discussões para um Tratado de Comércio de Armas.

Desenvolvimento e responsabilidade empresarial
Temos uma grande preocupação com temas como responsabilidade empresarial e desenvolvimento. Acompanhamos de perto a situação dos moradores da comunidade de Bodo, na Nigéria que tiveram suas vidas afetadas por um grande vazamento de petróleo bruto dos dutos da Shell e pedimos que a empresa se responsabilize por uma operação de limpeza e ofereça compensação a estas comunidades pelos danos econômicos e ambientais. Mais de dez mil moradores da região do Delta do Níger foram afetados pelo vazamento.
Agencia Brasil
Estudantes da Universidade Federal do Paraná durante a Maratona de Cartas Foto: Ana Julita

NCosta do Marfim, realizamos uma investigação de três anos sobre o despejo de resíduos tóxicos pela multinacional Trafigura. Uma sequência trágica de falhas coorporativas que ocasionou um desastre médico, político e ecológico e que levou mais de 100 mil pessoas a procurar assistência médica.

Visitem o nosso blog e leiam mais sobre nossas ações no Brasil e no mundo. Vocês encontrarão comentários sobre temas como a Comissão da Verdade, a situação das comunidades quilombolas e indígenas, segurança pública, remoções urbanas, grandes obras de desenvolvimento para a Copa e as Olimpíadas, prisioneiros de consciência e mais.

Contamos com o seu apoio em 2013 na defesa dos direitos humanos.
Continuem acompanhando e divulgando o trabalho da Anistia Internacional Brasil nas redes sociais e no nosso sítio na internet:
https://twitter.com/#!/anistiaonline
https://www.facebook.com/anistiainternacionalbrasil?ref=ts
https://anistia.org.br

Um abraço,
Atila Roque
Diretor-executivo da Anistia Internacional Brasil
Atila

domingo, 6 de janeiro de 2013

Período de inscrição para o concurso de fotografia é prorrogado em Poá


As inscrições para o primeiro concurso de fotografia, promovido pelas Secretarias de Cultura e Comunicação foram prorrogadas. Os interessados têm agora até o dia 28 de fevereiro para efetuar a inscrição para o concurso, intitulado de “Um olhar fotográfico para Poá”.

Inicialmente o período de inscrições seria encerrado no dia 06 de janeiro, mas segundo o secretário de Cultura do município, Douglas Aspasio, a prorrogação vai proporcionar o aumento de número de participantes: “Com esse tempo extra para a inscrição, teremos mais participantes que contribuirão com seus trabalhos”.

As Secretarias de Comunicação e Cultura informaram que o regimento do concurso não foi alterado, portanto todas as regras são as mesmas. O concurso, cuja data será divulgada oportunamente, é divido em três categorias, são elas: paisagem, pessoas e jornalismo profissional. Cada participante deverá enviar três fotos para cada categoria, acompanhada da ficha de inscrição, cujo modelo está no blog da Secretaria de Cultura - http://www.secretariadeculturadepoa.blogspot.com.br/

Nesta ficha o participante deve informar seus dados e colocar os títulos das fotos. Segundo o regulamento do concurso, as fotos e a ficha devem ser enviadas por correio para o seguinte endereço: Avenida Antônio Massa, 150, Centro de Poá – CEP: 08550-000.

De acordo com o responsável pela pasta de Cultura, a categoria paisagem engloba qualquer imagem que não tenha pessoas, podendo ter como foco o urbano ou rural. Na categoria pessoas, serão aceitas fotografias que de alguma forma retratem as pessoas e na de jornalismo poderão se inscrever profissionais de jornais e revistas. Em todas as categorias serão aceitas fotos preto e branco e coloridas.

“Todos os trabalhos das categorias paisagem e pessoas devem ser inéditos, portanto não podem ter sido publicados em qualquer veículo de comunicação ou premiados em outros concursos. Quanto às fotos jornalísticas, os fotógrafos podem sim enviar aquelas que já foram publicadas”, explicou o fotografo da Secretaria de Comunicação, Julien Pereira, que afirmou ainda que sites pessoais e portfólios não contam como publicação.

Ainda segundo o regulamento, o único papel para impressão aceito no concurso é o papel fotográfico. O tamanho exigido para foto é de 20X30cm e só serão aceitas fotos impressas. Para a comprovação da autoria das obras premiadas vai ser solicitada a apresentação dos originais (dispositivos e arquivos digitais).

Os três primeiros colocados de cada categoria serão premiados com placas. As fotos coletadas durante o concurso serão usadas para a divulgação do resultado, mas as obras vencedoras vão ser expostas nos eventos culturais programados durante o ano. As fotografias passarão por uma comissão julgadora, que envolve profissionais da área de fotografia, que escolherão as melhores. Mais informações pelos telefones (11) 4638-6338 e 4634-8835.

Fonte: Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Poá