ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Câmara de Poá abre concurso público para 56 vagas

Adilson Santos
A organização estará sob responsabilidade da Fundação VUNESP

A Câmara Municipal de Poá, abrirá concurso para 56 vagas. Os salários mensais variam de R$ 1.297,56 a R$ 4.557,59. As vagas são para todos os níveis escolares.

As vagas são: motorista (2 vagas), oficial legislativo (38), porteiro (6), procurador jurídico (1) e técnico legislativo (9).

As inscrições poderão ser efetuadas no período de 10:00 horas do dia 09 de novembro até às 16:00 horas do dia 11 de dezembro de 2015, via internet, por meio do site da Vunesp, o qual segue abaixo, e também o da Câmara para mais informações.

Já a prova objetiva, para todos os cargos, está prevista para sua realização em 31 de janeiro de 2016, no período da manhã.

Para o presidente reeleito da Câmara de Poá, Mário Sumire, disse com exclusividade que existe a necessidade de equacionamento do quadro de funcionários do poder legislativo com os novos tempos onde a demanda nos exige que primamos por um atendimento de qualidade no nosso dia dia. A população, daremos oportunidade para que pessoas qualificadas no concurso posso preencher as vagas.

Click aqui neste link, e tenha acesso ao edital do concurso. Adilson Santos

Site da Câmara de Poá: http://www.camarapoa.sp.gov.br/
Site da Vunesp: http://www.vunesp.com.br/


Jornal Folha de São Paulo chama bairro de Poá de #favela, e revolta alguns moradores

Adilson Santos
Jornal Folha de São Paulo classifica o bairro Kemel na cidade
 de Poá (SP) como favela da Grande São Paulo
A cidade de Poá hoje tem a maior obra do artista plástico Romero Britto, que por iniciativa do jovem Eduardo Lyra, responsável pelo Instituto Gerando Falcões, que em parceria com a empresa seguradora Zurich, que bancou a obra na escola municipal Escola Municipal José Antônio Bortolozzo em Poá.

Claro que a notícia do artista internacional, que segundo a mídia mora dos Estados Unidos veio ao Brasil só para inaugurar a obra, chamou a atenção de diversos veículos de comunicação, entre eles o maior jornal do país em diversas plataformas, Folha de São Paulo, que chamou e classificou o bairro da cidade Kemel de Poá de #favela. Veja o título da matéria: Romero Britto pinta painel gigante em favela da Grande São Paulo.

Diversas pessoas que já conheciam a obra e o artista Britto, acharam positivo um artista internacional vir até a cidade, fazer e assinar esta grade obra, sendo até agora a maior do mundo feita pelo artista. Já outras pessoas, que não conheciam o artista, pode conhecer, pesquisar e saber da fama nacional e internacional de Romero.

Lyra declarou nas redes sociais que, Neymar Júnior, Michael Jordan, Madonna, Michael Jackson, o rapper Snoop Dogg, o bilionário Carlos Slim, mas nenhuma delas é tão grande quanto o painel feito na periferia de Poá.

Tiago Dias jornalista que escreveu matéria para o site Uol na página de entretenimento, onde classificou também o bairro Kemel de Poá, como sendo periferia da cidade de São Paulo. Como mostra a matéria com o título: Romero Britto relembra origem humilde para criar painel em periferia de SP
Twitter do Jornal Folha de São Paulo também
classificou o bairro Kemel de Poá como favela

A mancada do jornal Folha de São Paulo
Diversas pessoas na cidade de Poá, não gostou da maneira que o jornal Folha de São Paulo, e outras mídias classificaram nossa cidade. A própria Folha já havia feito matéria sobre os trabalhos dos Instituto Gerando Falcões, mas comeu bola, dando uma grande mancada, chamando o bairro Cidade Kemel de Poá, de favela. Claro que o bairro é periferia da cidade de São Paulo, onde também faz divisa com Ferraz de Vasconcelos e Itaquaquecetuba, mas a obra fica na Estância Hidromineral de Poá, declarou Adilson Santos, que é membro suplente do Conselho Municipal de Turismo.

Isabel Soares
Rosangela Santos Lai
Isabel Soares, revoltada escreveu em seu facebook: Não meu "querido jornalista" da Folha. A Cidade Kemel, bairro do município de Poá, não é uma favela. Buscar um pouquinho de informação antes de escrever não leva tanto tempo assim. Já que copiou a notícia, Comunidade tem outro sentido além de favela. Poá é uma estância hidromineral, ou seja, tem uma das melhores águas do Brasil, a água Poá. Se quiser, venha visitar o painel, teremos o maior prazer em te apresentar nossa comunidade. E complementou:  Mas não moro em uma favela. A escola em que foi pintado o painel é enorme, uma escola municipal com muitas opções de lazer e cursos para a criançada. Simplesmente ridículo!

Depoimento de Alessandra Barros
Já Alessandra Barros, outra moradora do bairro escreveu revoltada: Não é culpa do escritor! É culpa de uma única pessoa que foi criada no Kemel e escreveu um livro descrevendo Poá como favela! Esse cujo tem uma "ONG" onde os encontros acontece no Bortolozzo!

Outra pessoa que não gostou nada, a Rosangela Santos Laia disse:  Lamentável para esse jornalista...Poderia sinformar melhor antes de escrever a matéria.Cidade kemel, bairro do município de Poà, não è favela...

Outas mídias também deram mancada, e foram no embalo
O hoje em dia (programa da tv Record) chamou em seu site, o bairro de Poá de periferia de São Paulo: Romero Britto inaugura seu maior painel na periferia de São Paulo

O jornal Floripa foi no embalo e chamou o bairro de favela Kemel.

Mídias da região e Veja mandaram bem
Mídias da Região do Alto Tietê, foram em loco e fizeram a matéria da maneira correta
Os jornais da região, informaram seus leitores, de forma correta, pois além de conhecerem a região, foram ao local reportar o fato, como mostra a matéria, que teve o título: Romero Britto inaugura maior painel do mundo com sua obra em Poá

Já o portal de notícias G1, reporto com o título:Escola de Poá ganha painel de Romero Britto -
Local foi escolhido por ser palco de ações da ONG Gerando Falcões.

Veja como a veja reportou o assunto, onde a matéria tem o título: Romero Britto inaugura seu maior painel em São Paulo - O artista acaba de chega à cidade para a inauguração da obra de 50 metros quadrados em Poá.


Blogueiro ira pedir retratação, e quer local no inventário turístico da estância
Adilson Santos
Para Adilson Santo, fotógrafo, blogueiro, ativista social e membro do Conselho Municipal de Turismo de Poá (Contur), a cidade tem que ser valorizada. Seja no centro ou na periferia, ou seja, para Santos a periferia é muito mais importante que o centro, pois são os bairros periféricos de Poá, que através dos seus moradores, pagam seus impostos, e fazem de Poá esta cidade pujante, sendo pequena em território, mas acolhedora e aconchegante.

Encaminharei esta postagem para a ombudsman da Folha Vera Guimarães, onde qualquer leitor da mídia, pode fazer isto. Mas o jornal e seu redator, tem que tomar cuidado com qualquer princípio de informação, que é checar a fonte e na fonte.

Inclusive a Folha tem que ir não só na escola Bortolozzo, como também na Fonte Área Poá, ou seja, basta rodar nos mil metros do entorno, que a mídia encontrará este novo atrativo turístico, como outros que tem no local. Sem contar, que na cidade de Poá, ou seja, na Estância Hidromineral de Poá, não tem favela.

O blogueiro e fotógrafo Adilson Santos,conhece o jovem Eduardo Lyra, desde sua infância, onde já registrou em seu blog, e também lhe deu a oportunidade em fazer seu primeiro estágio, quando na Expo Cristã Eduardo participou com uma amiga da faculdade através do JORNAL EVANGÉLICO em seu stand. Santos é amigo de seu pai, o atleta amador o hoje pastor Marcio Luiz Lyra, o qual foi da vida do crime, e após conhecer o evangelho cristão, ser tornou um militante da fé, onde hoje presta um relevante serviço para a sociedade. Santos foi companheiro de programas de rádio que Márcio fazia um link direto do 54º DP; hoje é o pastor presidente da Igreja Primitiva da Graça.

Romero agradeceu acolhida em Poá, e sabe que o local é uma cidade
Eduardo Lyra, o presidente da Zurich Davi Comenari,
 João Dória Júnior e Alina Shriver
A artista plástico Romero Britto, agradeceu em seu twitter, instagram, pela acolhida na cidade de Poá, dizendo: Um lindo dia no BRASIL HOJE , no município do Poa no estado de São Paulo .
Muitíssimo agradecido pelo… https://instagram.com/p/9Q87-FoPgB/ .

E agradeceu também em inglês: A beautiful day in Brazil today, the unveiling of the largest painting of mine in a public school in Poa municipality of São Paulo.

E ainda postou uma foto com Eduardo Lyra, o presidente da Zurich Davi Comenari, João Dória Júnior e Alina Shriver.




Eduardo Lyra reconhece falha da Folha

Para o responsável de toda esta façanha na cidade, Eduardo Lyra, responsável pelo Instituto Gerando Falcões, disse que a folha errou, pois não é favela, é periferia de Poá.  E disse ainda, que as crianças da escola junto com seus pais, estão muito felizes com a obra de arte.

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Câmara de Poá gastará R$ 320.000,00 com jornal de Mogi das Cruzes em despesas de Concurso Público

Adilson Santos
Ontem o diretor do Jornal News Time, informou na Comunidade POÁ COM ACENTO, que a cidade de Poá teria uma bomba. Ou seja, foi anunciado assim por Wesley Campos:

EXTRA - EXTRA - EXTRA  O Jornal News Time deverá apurar todo o fato acontecido desta BOMBA, que infelizmente atingiu TODOS NÓS!!! nossa jornalista entrará em ação AMANHÃ!!!

Muitos foram dormir pesando no que seria esta bomba. Mas logo cedo, Adilson Santos moderador da Comunidade POÁ COM ACENTO, recebeu imagem (acima), onde um também diretor de um jornal da cidade, disse que estava circulando esta imagem entre pessoas de mídias da cidade.

Ontem mesmo, uma hora antes da postagem de Wesley, Adilson Santos postou o seguinte título: Troféu Dolly para o vereador(a) legal - Onde muitos, para não dizer a maioria, não entendeu muito sobre do que se tratava. Mas o intuito, era chamar a atenção da sociedade, para os trabalhos dos vereadores na cidade de Poá, desde o presidente Mario Massayoshi Kawashima, o Mário Sumirê, tanto como os demais 14 vereadores e 2 vereadoras.

O contrato do jornal de Mogi das Cruzes
Após ver a imagem, Adilson Santos começou a apurar do que se tratava. Onde a publicação esta postada no Diário Oficial de São Paulo, com a data de 30 de setembro de 2015, e na página 253, tem três contratos, onde o maior, é o Contrato nº 014/15 e  Processo nº 022/15 - Contratante: Câmara Municipal de Poá - no valor de R$320.000,00 (Trezentos e Vinte Mil Reais) - Já a empresa contratada, é o Diário do Alto Tietê Empresa Jornalística e Editora Ltda - O motivo, ou seja, o Objeto: Contratação de empresa especializada, visando os serviços de publicação em jornal diário de grande circulação no município de Poá e região, página interna, exclusivamente de atos referentes ao Concurso Público a ser realizado pela Câmara
Municipal de Poá.
Data da Assinatura: 16/09/2015
Presidente: Mario Massayoshi Kawashima

Como pode, um jornal que não esta na sediado nem em Poá, muito menos em Suzano, mas na terra do caqui, ou seja, em Mogi, como disse uma fonte nossa. Um jornal tão manjado, que só a classe política sabe como é que trabalha.

Já os pequenos empresários dos jornais da Poá, ficaram todos bravos com o presidente Mário Sumirê, que convidou um a um para tomar café com ele, falou, prometeu, disse que seria amigo dos jornais, que ajudaria a todos, que tem que valorizar as empresas de Poá, as mídias da cidade, que estão sempre prestigiando os trabalhos da câmara e das sessões, e que ele é amigo de todos, de todos os profissionais de imprensa, dos proprietários dos pequenos jornais, mas quanto os proprietários de jornais ficaram sabendo disto, todos começaram a ligar e procurar o presidente da casa de leis poaense, querendo entender o que houve.

Segundo ainda Sumirê, este jornal é diário, e tem que ser de grande circulação, segundo exigências da Vunesp. E outra coisa Adilson, disparou Mário, eu tenho que me ajustar ao termo do T.A.C. (Termo de Ajustamento de Conduta) que fiz com o Ministério Público.

Acontece presidente, que este jornal, não é distribuído na cidade de forma gratuita, ele não é de grande circulação como o nobre presidente disse, e quem o recebe na cidade, é por assinatura em grande maioria de seus leitores, ou seja, os jornais semanais e quinzenais da cidade, tem muito mais alcance na população da cidade, do que este  jornal diário de Mogi.

Segundo ainda o presidente, houve pregão. Mas foi pregão, ou parafusão, que nem todos vereadores sabiam, muito menos os donos de mídias de Poá? Estranho né!

Ou será mais uma ação do funcionário da câmara o advogado Adalberto Comitre que coordena esta ações na casa de leis poaense?


Ato foi decisão da presidência, e nem todos vereadores sabiam
Hoje, durante o dia, alguns vereadores foram procurados, mas nem todos sabiam, ao menos a declaração ouvida por alguns edis. Onde uma das declaração foi de que este ato, é um ato do presidente da casa de leis poaense tomar, ele não precisa consultar todos os vereadores, afinal, ele é o presidente e fala por todos, declarou o edil.

Versão de Mário Sumirê é: Entre com o requerimento
Logo pela manhã, Adilson Santos entrou em contato com o presidente da Câmara de Poá Mário Sumirê, às 9h38h. o qual segundo ele, estava em reunião da Condemat na cidade de Salesópolis, mas neste mesmo momento, já recebeu a informação, ou seja, a foto acima, onde  perguntei, qual era o motivo desta contratação e o porque do valor.

Mário ligou em seguida, dizendo que estava em reunião, e assim que terminasse na hora do almoço, iria me retornar a ligação. Ligou por volta do meio dia, onde novamente perguntei, os motivos, ele disse ser uma exigência da Vunesp, que iria fazer o concurso da Câmara de Poá, mas que era para eu passar na câmara 14h, que ele explicaria tudo. Informei que poderia me enviar as explicações via e-mail.

Por volta de 14h20 , como não havia chego a informação por e-mail, liguei na câmara, onde atendido pela diretora, informou que o presidente estava em reunião com uma vereadora. Deixei o meu número para ele retornar a ligação, o que não fez, ou seja, não ligou.

Ás 16h45 liguei novamente, onde falei com sua assessoria que informou que o presidente estava em reunião, e que ele havia dito, que era para eu descer para falar com ele. Informei que não marquei reunião, e que estava aguardando a resposta e explicações, via e-mail.

Era quase 18h, Sumirê ligou, chamando de amigo, agradeci, mas solicitei a resposta. Já o presidente, insistia para que eu descesse até a câmara para conversar com ele. Informei que estava com compromissos, e só queria as informações, que já havíamos conversado desde o período da manhã. Ele disse que não iria enviar nada, e se eu quisesse, era para entrar com um requerimento na câmara, onde mudou toda sua versão, como havia prometido e tratado de manhã.

Ou seja, se o cidadão quiser mais informações, é assim que o presidente da Câmara de Poá Mario Massayoshi Kawashima, o Mário Sumirê trata quem ele diz ser amigo. Agora se ele não fosse amigo, e não respeitasse o trabalho como ele sempre declara.

Concursos Público e terceirização é maquina de ganhar dinheiro
Já não é de hoje, que o cidadão desempregado, ou outras pessoas, já não comentaram isto, na roda de amigos, no bate papo do boteco, onde sempre quando surge a conversa de que haverá concurso público, que isto não passa de um jeito de ganhar dinheiro, do povo que além de já sobre com os precários serviços público, na busca de um emprego fixo, pois quando abre um concurso, a quantidade de inscrições com pagamentos das taxas, é um absurdo, ou seja, é uma verdadeira máquina de arrecadar dinheiro, das pessoas que querem ter uma vida melhor, uma vida digna, um emprego. E neste afã, a pessoa com o pouco dinheiro que tem, arrisca nesta loteria de concursos, ou então, a família e amigos, para poder de uma forma ajudar, paga a taxa do concurso, para que a pessoa amiga ou familiar, tente a sorte, nesta máquina que esta mais para jogo de azar, do que se sorte. Pois a quantidade de inscrições, são astronômicas, como o concurso que aconteceu neste final de semana na cidade de Poá, para diversos cargos na prefeitura da cidade.

 Na página do Diário Oficial, existem mais dois contratos - veja:
Contrato nº 012/15 - Processo nº 019/15
Contratante: Câmara Municipal de Poá
Contratada: Murc Editora Gráfica Lda-EPP
Objeto: Contratação de empresa especializada, visando os
serviços de confecção de material gráfico, para uso da Câmara
Municipal de Poá.
Valor do Contrato: R$77.100,00.
Data da Assinatura: 02/09/2015
Presidente: Mario Massayoshi Kawashima

Será que na cidade de Poá não tem gráficas ou empresas que poder oferecer este tipo de serviço ? Claro que tem. Mas veja, que a empresa também é de Mogi das Cruzes, como mostra o seu site: http://www.murc.com.br/

Contrato nº 013/15 - Processo nº 021/15
Contratante: Câmara Municipal de Poá
Contratada: Net Sun Tecnologia e Serviços Ltda-ME
Objeto: Contratação de empresa especializada, visando o
fornecimento, instalação, configuração e outros serviços e toda
a infraestrutura necessária para a implantação de rede Wi-Fi nas
dependências da Câmara Municipal de Poá.
Valor do Contrato: R$45.112,00.
Data da Assinatura: 14/09/2015
Presidente: Mario Massayoshi Kawashima

Esta empresa, a Net Sun, http://www.netsuntecnologia.com.br/ também fica em Mogi das Cruzes, berço da colonia japonesa da região.

Com a palavra vereadores e presidente
Aguardamos assim como a sociedade, o manifesto do presidente da casa de leis, e demais vereadores, para explicarem o motivo, afinal, o dinheiro é público.

Para acessar a página do Diário Oficial com a publicação, click aqui: http://migre.me/rO9Se


terça-feira, 13 de outubro de 2015

APAE de Itaquaquecetuba realiza Noite Italiana em novembro

Marcello Barbosa
A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Itaquaquecetuba vai realizar a sua 13ª Noite Italiana Beneficente. O evento está marcado para o dia 13 de novembro de 2015 a partir das 19h30 no Salão de Festas Perez, localizado à Rua Ferraz de Vasconcelos, 400, Monte Belo - Itaquaquecetuba. O valor do convite é de R$ 30,00 (trinta reais).

Com a principal característica da cozinha italiana onde sempre existem massas em abundância, o cardápio da Noite Italiana da APAE é bem diversificado, conta com Lasanha, Nhoque ao molho branco e ao sugo, Espaguete alho e óleo com brócolis, Pene ao sugo e ao molho branco, Frango assado e Sorvete.

A Noite Italiana da APAE é um evento voltado para arrecadar fundos para manter seus trabalhos e atendimentos e assim ajudar centenas de assistidos que hoje frequentam diariamente a Entidade. Ou seja, além de você aproveitar um ambiente familiar e uma boa comida, você ajuda a APAE a manter um belíssimo trabalho na cidade

A APAE de Itaquaquecetuba foi fundada em 1996, é uma associação filantrópica sem fins lucrativos, tem por missão promover e articular ações de defesa de direitos, prevenção, orientações, prestação de serviços, apoio à família, direcionados a melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência e a construção de uma sociedade justa e solidária.

Atualmente atende mais de 400 assistidos e oferece serviços de Pedagogia, Assistência Social, Neurologia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Psicologia e Oficinas Ocupacionais de Artesanato, Costura, Pintura e Padaria.

A APAE está localizada à Rua Distrito Federal, 205 - Vl Ercilia – Itaquaquecetuba. Você pode entrar em contato pelos telefones: (11) 4645.8192 / (11) 4645.4165 ou e-mail: apaesp.itaqua@gmail.com

Fonte: AI

Secretaria da Saúde de Poá faz mini caminhada contra o câncer no Jardim São José, mas falta política púbica na Vila Perracine

Em torno de 50 pessoas percorreram as ruas do bairro do Jardim São José em ato promovido através da Secretaria Municipal de Saúde, que tem por objetivo a divulgação e conscientização com relação à prevenção do câncer de mama

Dando uma prévia de como será a 7ª Caminhada Contra o Câncer de Mama que será realizada no próximo dia 24, a Secretaria Municipal de Saúde de Poá promoveu na manhã desta sexta-feira (09/10), uma mini caminhada contra o câncer, que também faz parte das comemorações do “Outubro Rosa”.

A concentração aconteceu em frente ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Jardim São José. Mais de 50 pessoas entre enfermeiras, agentes de saúde, médicas e a população, sendo a maioria mulheres percorreram as ruas do bairro com palavras de ordem referente ao mês de conscientização e de prevenção a doença.

Segundo o secretário de Saúde Marco Antonio Grandini Izzo, que também participou da caminhada, outros atos iguais a esses serão realizados durante o mês.

 “As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Jardim Nova Poá, Jardim América, Jardim Emília e Calmon Viana também estão se mobilizando para realizar as suas caminhadas. O objetivo desta ação é divulgar o mês em que é realizada a campanha contra o câncer a nível nacional e conscientizar a população sobre a importância da prevenção da doença”.

Para a 7ª Caminhada contra o Câncer que está sendo organizada pela Secretaria da Mulher mais de duas mil pessoas já se inscreveram para participar do ato que está previsto para acontecer a partir das 9 horas do dia 24.

Segundo a secretária da Mulher Aretha Marques, a previsão é que 4 mil pessoas participem do ato que terá a concentração a partir das 08h30 em frente à Câmara Municipal localizada na rua Vereador José Calil

Para participar os interessados devem se dirigir a sede da Secretaria da Mulher localizada na Rua Fernando Pinheiro Franco, 141, Centro, das 8 às 17 horas.

Mais ações
Várias ações estão sendo desenvolvidas referentes ao “Outubro Rosa”. Uma delas é o mutirão de exames de papanicolau que é feito em todas as UBSs e nas Unidades de Estratégia e Saúde da Família (ESFs), no período vespertino, sem que seja necessário agendamento prévio, além de palestras e orientações que estão sendo realizadas sobre a saúde da mulher.

Também está na cidade, a “Carreta de Mamografia “Mulheres de Peito”. A unidade móvel está na Praça de Eventos “Lucília Gomes Felippe”, na Avenida Antonio Massa, 150, Centro e tem capacidade para realizar 50 atendimentos diários. Até o dia 7 de novembro, data em que a carreta ficará na cidade, as mulheres poaenses poderão procurar o atendimento que será de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas, e aos sábados, das 9 às 13 horas.

Falta política pública de saúde na Vila Perracine segundo o ativista Adilson Santos
Segundo o ativista social e repórter fotográfico Adilson Santos, informou que é louvável esta conscientização nos bairros, mas falta boa vontade e políticas pública na Vila Perracine. Pois segundo Santos, esta ação é de boa valia que aconteça nos bairros que não tem unidades de saúde, como na Vila Perracine, um dos bairros mais esquecidos do poder público, onde falta não só posto de saúde, como creche, e vagas de escolas para todas as crianças do bairro. Quiça aconteça uma caminhada desta no bairro, declarou o ativista do bairro.

Fonte: SCP - Foto: Julien Pereira




segunda-feira, 5 de outubro de 2015

VEREADOR: FUNÇÃO - LEGISLAR E FISCALIZAR - Certo?


Ontem, na eleição do conselho tutelar, após vir fazer o meu papel de cidadão que sonha ver uma sociedade melhor, mais justa, com pessoas sérias governando, trabalhando, fazendo política(s), afinal, trabalhamos todos os anos até o dia 31 de maio, contribuindo com nossos impostos, isto é, todos os brasileiros fazem isto, onde o dinheiro vai para o sistema político. Goste você ou não de política, o dinheiro vai parar lá, nas mãos dos nossos governantes, legisladores, presidência da república, governo dos estados e cidades, e também nas mãos do judiciário, onde até juiz e promotores, são servidores público.

Bem, me empolguei, mas vamos la de novo. Após votar na eleição, onde não somos obrigados a votar e ajudar a eleger os conselheiros tutelares de nossa cidade, me deparei com pessoas ligadas à vereador(a), assessores de dos nobres edis, fazendo transporte de pessoas, conforme uma pessoa amiga minha me disse, que estava esperando a assessora de um vereador, onde segundo ela, a pessoa iria buscá-la em casa, para votar. E advinha, no(a) candidato(a) que o vereador apoiou.

Fiquei observando pelos locais de votação que passei, carros paravam, ficava um motorista por vezes la dentro, a pessoa ou pessoas desciam, como não tem fila e o voto é rápido, o cidadão ou cidadã iria la votar, voltava, entrava no carro e iam embora, tranquilamente. E até onde sei, não eram carros urbe.

VEREADOR(A) SABE OU NÃO SABE DE TAL PRÁTICA? 

Será que os 17 vereadores da cidade de Poá não sabem desta prática?

Será que eles orientaram para seus assessores não fazer tal prática, ou foram orientados sob vosso comando a fazer tal prática?

Segundo o site Info Escola, a função do vereador ou legislador é: Ordenar ou preceituar por lei, fazer leis. Além dessa função, compete também ao poder legislativo fiscalizar o Poder Executivo e julgá-lo se necessário, além de julgar também os seus próprios membros. 

O Poder Legislativo deve ser composto pelos legisladores, ou seja, os homens que elaboram as leis que regulam o Estado e que devem ser obedecidas pelos cidadãos e pelas organizações públicas ou empresas.

Até onde entendo, e me corrijam se eu estiver errado. Um legislador, uma pessoa que faz leis, tem que ser uma pessoa que olha para a sociedade por um todo, sendo exemplo, onde tem que agir com ética, respeito, onde tem que usar o seu mandato para tentar corrigir as mazelas e erros de nossa cidade, sociedade, estado e pais, e não compactuar, com práticas erradas, que leve ao erro, e ou pior. Induzam ao erro.

Segundo algumas outras pessoas que também viram, mas preferem o anonimato, carros foram usadas de forma disfarçada, com um jeitinho sutil, ou melhor, o famoso jeitinho brasileiro, onde não sei quem deveria fiscalizar tal prática, se foi omisso e não cumpriu o seu papel. Ou se já era um acordo de todos os candidatos por tal prática, pois quem se sentiu prejudicado, sabia das regras e caminhos para denunciar tal prática.

Fica aqui como cidadão, registrado o meu repúdio a todos que usaram desta prática no dia de ontem, na eleição do conselho tutelar de Poá, e ou onde dentro do território nacional, usaram de tal artimanha.

E claro, a pergunta ao(s) vereadores(a) de Poá. Qual a sua função:

Legislar?

Fiscalizar?

Ou ser conivente com tais práticas???