ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Balanço do Diretor-executivo da Anistia Internacional Brasil do ano de 2012

Prezados amigos e amigas,

O ano de 2012 foi muito importante para o trabalho da Anistia Internacional com muitos acontecimentos significativos no Brasil e no mundo.

Primeiro, agradecemos pelo apoio recebido em dezembro durante a Maratona de Cartas e o lançamento do relatório sobre os Defensores de Direitos Humanos nas Américas. A Maratona de Cartas “Escreva por Direitos” é um evento mundial e, neste ano, alcançamos mais de um milhão e trezentas mil assinaturas e ações em mais de 80 países. Por isso, agradecemos a cada um que apoiou, compartilhou e divulgou ações, e atuou durante o evento.
Agencia Brasil
Maratona de Cartas. Foto de AF Rodrigues

Além das cartas, organizamos atos públicos e tivemos uma boa repercussão na mídia sobre os casos de defensores de direitos humanos. Vejam abaixo trechos da cobertura no Brasil:
Defender direitos humanos tem um preço alto, diz Anistia Internacional Brasil Globo News
Reportagem da TV Futura sobre a Maratona de Cartas de Anistia Internacional
Confiram abaixo uma visão geral do ano de 2012:

Síria
Acompanhamos de perto a situação da Síria e os abusos de direitos humanos no país. A pesquisadora Donatella Rovera mandou informações diretamente de Aleppo e outras cidades na Síria. Ao longo do ano, pedimos que todas as partes envolvidas no conflito coloquem asegurança da população civil em primeiro lugar.
A situação crítica dos Guarani-Kaiowás no Brasil
Houve grande manifestação dos brasileiros em solidariedade aos Guarani-Kaiowás, dando visibilidade à causa desse povo que luta por seus direitos. Ao longo da última década, a Anistia Internacional registrou assassinatos, ameaças de morte contra líderes indígenas, trabalho escravo, desnutrição, remoções violentas e a destruição de plantações e propriedades. Com processos judiciais emperrados, mais de mil famílias Guarani-Kaiowásvivem à margem das rodovias. Em 2013, continuaremos pressionando para que as autoridades enfrentem essa situação com urgência.

“Somos da Maré e temos direitos”
Lançamos a campanha “Somos da Maré e temos direitos” em parceria com a Redes da Maré e o Observatório de Favelas. A campanha tem o objetivo de conscientizar os moradores a respeito de seus direitos e do padrão legal para a abordagem policial, prevenindo contra abusos e ações desrespeitosas por parte das forças policiais. Através de ações como essa, buscamos garantir os direitos dos moradores da comunidade a uma vida livre de violência.
Agencia Brasil
Campanha “Somos da Maré e temos direitos”. Foto Renata Neder.

Campanha Mundial para o Controle de Armas
A Anistia Internacional defende a adoção de uma “regra de ouro” – a proibição de que transações envolvendo armas sejam realizadas com governos ou grupos que cometem violações maciças de direitos humanos, como as que ocorrem atualmente na Síria.

Em 2013, continuaremos a nossa ação colocando pressão nos países membros da ONU durante as discussões para um Tratado de Comércio de Armas.

Desenvolvimento e responsabilidade empresarial
Temos uma grande preocupação com temas como responsabilidade empresarial e desenvolvimento. Acompanhamos de perto a situação dos moradores da comunidade de Bodo, na Nigéria que tiveram suas vidas afetadas por um grande vazamento de petróleo bruto dos dutos da Shell e pedimos que a empresa se responsabilize por uma operação de limpeza e ofereça compensação a estas comunidades pelos danos econômicos e ambientais. Mais de dez mil moradores da região do Delta do Níger foram afetados pelo vazamento.
Agencia Brasil
Estudantes da Universidade Federal do Paraná durante a Maratona de Cartas Foto: Ana Julita

NCosta do Marfim, realizamos uma investigação de três anos sobre o despejo de resíduos tóxicos pela multinacional Trafigura. Uma sequência trágica de falhas coorporativas que ocasionou um desastre médico, político e ecológico e que levou mais de 100 mil pessoas a procurar assistência médica.

Visitem o nosso blog e leiam mais sobre nossas ações no Brasil e no mundo. Vocês encontrarão comentários sobre temas como a Comissão da Verdade, a situação das comunidades quilombolas e indígenas, segurança pública, remoções urbanas, grandes obras de desenvolvimento para a Copa e as Olimpíadas, prisioneiros de consciência e mais.

Contamos com o seu apoio em 2013 na defesa dos direitos humanos.
Continuem acompanhando e divulgando o trabalho da Anistia Internacional Brasil nas redes sociais e no nosso sítio na internet:
https://twitter.com/#!/anistiaonline
https://www.facebook.com/anistiainternacionalbrasil?ref=ts
https://anistia.org.br

Um abraço,
Atila Roque
Diretor-executivo da Anistia Internacional Brasil
Atila

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.