ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Eleições Limpa - Não venda o seu voto

Primeiro foi o Ministério Público, agora a Associação dos Magistrados também entrou na campanha para esclarecer a população sobre as eleições de outubro. Além de vídeos, a campanha pretende fazer com que os juizes percorram o país esclarecendo aos cidadãos o valor do voto. O presidente do TSE afirmou, após o lançamento da campanha, que a Lei da Ficha Limpa não estabelece punições, mas sim critérios para uma pessoa se candidatar a um cargo eletivo.



Fonte: Empresa Brasil de Comunicação

Especialistas alertam para pedofilia na internet


O número de usuários da internet no Brasil, incluindo computadores públicos em cybercafés e escolas, é superior a 73 milhões, conforme levantamento feito no último mês de maio pela comscore, Inc. (Nasdaq: Scor), que mede os acessos à rede.

Crianças e adolescentes de 6 a 14 anos representam 12% desse total e passam a maior parte do tempo em sites de entretenimento, bate-papo ou nas redes sociais, como o Orkut e Face book – um comportamento virtual que preocupa os pais, principalmente em relação aos crescentes casos de pedofilia.

Desenvolvida durante a Guerra Fria, quando os Estados Unidos e a União Soviética disputavam a hegemonia política, econômica e militar, hoje a internet é protagonista de uma outra guerra – contra a pedofilia, o abuso sexual e a pornografia.

Segundo o diretor jurídico da organização não governamental (ONG) SaferNet Brasil, Thiago Tavares, ao mesmo tempo em que amplifica o acesso a conteúdos ilegais, a internet também oferece os meios para descobrir e mapear as redes criminosas.

- A internet é a grande aliada para a investigação e descoberta das redes criminosas que veiculam pornografia infantil e desses agressores sexuais que se utilizam da rede para aliciar crianças.

Como os pais e educadores lidam com essa nova realidade virtual dos filhos? O uso da internet requer cuidados para garantir a proteção de crianças e adolescentes. O conselho básico que se recebia antigamente para não conversar com estranhos, não vale para o mundo virtual. O estranho está dentro dos lares, na lan house da esquina, na escola e até mesmo em uma simples ligação telefônica.

Com 11 anos, Laís Vieira diz que utiliza a internet para “entrar no Orkut e no Twitter”, hábito seguido por José Henrique Paranhos, que tem a mesma idade e também usa a rede “para ler e-mails e fazer pesquisas escolares”.

A mãe de Lais, Andréa Vieira, afirma que esse controle é difícil, porque os jovens passam muito tempo diante do computador. Ela diz que está sempre atenta sobre quem está na lista da filha nos sites de relacionamento, como o Orkut.

- Se eu vejo que tem algum adulto desconhecido, mando deletar. Não quero nem saber quem é. Explico sempre o quanto é importante não conversar com gente desconhecida.

O Orkut e os chats lideram a lista dos endereços mais perigosos da rede, de acordo com a Safernet. A ONG possui uma Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos em parceria com o Ministério Público Federal. A maioria delas é relacionada ao Google.

A CPI da Pedofilia aprovou em 2008 a quebra de sigilo de mais de 3.000 álbuns de fotos publicados no Google. A empresa teve que repassar dados que ajudaram a identificar os responsáveis pelas páginas, por causa da suspeita de conteúdo com pornografia infantil. O Brasil foi pioneiro na quebra desse tipo de sigilo.

De acordo com Thiago Tavares, da Safernet, não existe nenhuma política pública em vigor no país com foco no combate aos crimes cibernéticos. “Eu estive recentemente no Congresso Nacional a convite da Comissão Parlamentar de Inquérito das Crianças Desaparecidas. Os deputados se comprometeram a colocar essa discussão no âmbito da Lei de Diretrizes Orçamentárias. Resta saber se vão cumprir essa promessa ou não”, conclui.

Fonte: R7/Via Fenasp

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Livro: O Chefe - Ivo Patarra

Nos dois governos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, diversos casos de corrupção sacudiram o País. 


O mais grave ficou conhecido como escândalo do mensalão. Dirigentes do PT foram denunciados por montar uma organização criminosa. Lula tratou de abafar investigações e proteger correligionários e aliados.


O livro proibido sobre as "falcatruas" do Governo Lula, que compila todos os seus escândalos, não conseguiu ser publicado!Todos se negaram a publicá-lo.Assim sendo, seu autor resolveu colocá-lo na Internet à disposição, para leitura e divulgação.


Leia o livro clicando no link: http://www.escandalodomensalao.com.br/


O Chefe 

Nas décadas de 60 e 70 do século 20, não foram poucos os brasileiros a desafiar os “donos” do poder e a combater por liberdade e democracia. Muitos tombaram, mas a luta não foi em vão. Hoje o Brasil é um país livre e democrático, como demonstram os serviços prestados pela imprensa na apuração do escândalo do mensalão.

Nesse início de século 21, a luta das forças progressistas é por justiça social e distribuição de renda. E a luta passa prioritariamente pelo combate à corrupção. A construção de uma sociedade sem tantas desigualdades pressupõe uma imprensa atuante, sempre pronta a denunciar o clientelismo, o fisiologismo e o chamado toma-lá-dá-cá.

Jornalistas têm a missão de zelar pela transparência das ações do poder constituído e pela boa aplicação do dinheiro público, apontando desvios e demais expedientes que lesem os direitos e os legítimos interesses do povo. Se houver responsabilidade e espírito público, teremos nas mãos as ferramentas necessárias para assegurar investimentos em projetos sérios, eficientes e de alcance social. Dessa forma, transformaremos o Brasil num país desenvolvido e em uma grande nação.

O escândalo do mensalão confirma, uma vez mais, que a imprensa livre, pluralista e vigilante é imprescindível à democracia e ao Estado de Direito. Nada melhor para a sociedade do que jornalistas determinados, incapazes de se curvar a pressões econômicas, chantagens políticas ou ao benefício das sempre generosas verbas publicitárias, em troca da omissão e do silêncio sobre o jogo sujo dos “donos” do poder.

Este livro homenageia dezenas de profissionais de imprensa, aqui citados nominalmente. São repórteres que não se intimidaram, não abaixaram a cabeça aos poderosos da vez, e contribuíram de forma decisiva para desvendar e elucidar o mais extenso e complexo esquema de corrupção governamental da história brasileira, em todos os tempos.

Ivo Patarra 

O Autor 
Nascido em São Paulo em 1958, Ivo Patarra, jornalista, foi repórter dos jornais Folha de S.Paulo, Folha da Tarde, Diário Popular e Jornal da Tarde. Como profissional independente publicou, entre outras, as reportagens "Nova York - São Paulo de motocicleta: 73 dias de aventura e emoção", "Fome no Nordeste Brasileiro" e "Morte de Juscelino Kubitschek: acidente ou atentado?".

Ivo Patarra também respondeu pelos departamentos de comunicação das Prefeituras de São Paulo, Guarulhos, Osasco e São Bernardo do Campo.

Camelos no fundo da agulha

Muito legal esta imagem que recebi no meu Buzz e postei aqui, a qual coloquei o nome: Camelos no fundo da agulha

sábado, 21 de agosto de 2010

DESCONTROLE

Cleiton Antonio de Paula
HÁ MUITO TEMPO O HOMEM BUSCA 
O DOMÍNIO DA EMOÇÃO
MAS HÁ SEMPRE UM DESCONTROLE 
QUE NOS FOGE A RAZÃO
HÁ O DESCONTROLE
QUANDO NOS FOGE O DOMÍNIO
O DOMÍNIO DE ENTENDER
QUE SOMOS PARTES INTEGRANTES 
SEMELHANTES DE OUTRO SER 
AS PESSOAS NÃO SÃO IGUAIS 
E ISSO NOS FAZ CRESCER 
CONVIVENDO COM OS DEFEITOS 
QUE O OUTRO REVELA TER 
NÃO É DIFERENTE COM AS NAÇÕES 
OS POVOS SÃO DIFERENTES 
CADA UM COM SEUS COSTUMES 
IDEAIS DE MUITA GENTE 
NÃO SE DEVE ADMITIR 
QUE ALGUÉM VENHA INTERFERIR
NA SOBERANIA DO OUTRO
PELA FORÇA OU PRA FERIR
UMA DE NOSSAS MAIORES VIRTUDES
É A COMUNICAÇÃO
É UM EXEMPLO DIVINO
DE QUE AS PALAVRAS TEM FORÇA 
NÃO SÓ PARA ACALENTAR A ALMA 
MAS PARA UNIR AS NAÇÕES 
O AMOR REFLETIDO COM CALMA
E A INCESSANTE BUSCA DA PAZ
NOS REMETE AO DOMÍNO DA RAZÃO


Autor: Cleiton Antonio de Paula

SP terá disque denúncia eleitoral a partir de 2ª

Começa a funcionar na segunda-feira o Disque Denúncia Eleitoral 2010, com o objetivo de ampliar a participação da população na fiscalização dos candidatos. Será uma central telefônica gratuita para a população de todo o Estado de São Paulo denunciar ações ilícitas e abusivas dos candidatos que disputam o pleito deste ano. O canal funcionará diariamente das 8 horas às 20 horas em um 0800. O número completo será definido e divulgado em evento no mesmo dia.

Capitaneado pelo Pensamento Nacional das Bases Empresariais (PNBE), o convênio será assinado na sede do Ministério Público Estadual de São Paulo (MP-SP) e contará com a participação de representantes da Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo (PRE-SP) e do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), além do movimento Encontro de Promotores Eleitorais com a Sociedade Civil - A Lei da Ficha Limpa e a Moralização da Política.

O call center do Disque Denúncia ficará encarregado de remeter as reclamações aos órgãos responsáveis. Além dos canais online disponibilizados pelos órgãos que atuam nas eleições, o cidadão pode denunciar irregularidades procurando o promotor eleitoral de sua cidade (ou zona eleitoral) ou enviar representação por escrito à PRE-SP no endereço Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 2.020, CEP 01318-911.

Fonte: Agência  Estado

Vereador Lauriston de Poá questiona o não pagamento dos royalties da Água Poá

ÁGUA POÁ: LAURISTON QUESTIONA PAGAMENTO DE ROYALTIES

(20/08/2010 - 09:20)

/sites/1100/1140/00003739.jpg

Nesta semana o Vereador Lauriston Barros (PV) questionou a administração sobre a arrecadação municipal proveniente da exploração das fontes de água mineral existentes em nosso município. Para o vereador é importante que haja o aproveitamento sustentável dos recursos naturais explorados pelo homem, sendo a água mineral o maior tesouro da nossa cidade.

O legislador explicou que a Constituição Federal resguarda em seu art. 20, inciso IX, a compensação financeira pela exploração dos recursos minerais, que é chamada de CFEM e a Lei 7.990/1989, em seu art. 6º, fixa que a mesma equivale a até 3% sobre o valor do faturamento líquido resultante da venda do produto mineral e ainda determina a distribuição do royaltie na seguinte proporção: 23% para os Estados e Distrito Federal, 65% para os municípios, e 12% para o DNPM, que destinará 2% à proteção ambiental.

Para o vereador este questionamento é importante, principalmente quando vemos os estados do pré-sal brigando pelos royalties do petróleo, afirmou: “acima de qualquer interesse privado as fontes de água em Poá são um patrimônio público, uma riqueza da nossa cidade, por isso me parece justo que sua exploração reverta em favor dos poanses, até porque, como recurso natural ela é finita”.

Fonte: PVSP

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

BONS AMIGOS


BONS AMIGOS

Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!

Machado de Assis

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Vídeo mostra Lula preocupado com “prejuízo eleitoral” e Cabral chamando garoto de "otário".


A ‘moda’ de xingar parece que veio pra ficar e reinar entre os politicos. Depois de José Maranhão insinuar que twitteios são vagabundos, desta vez o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, aparece em um vídeo insultando um jovem, que apresentou-se como Leando e disse ter 17 anos.
Na gravação,o adolescente diz ao presidente que gostaria de ter um local adequado para jogar tênis. Lula responde que “tênis é esporte da burguesia” e sugere que o garoto pratique natação. Ele então explica que não pode entrar na piscina do complexo esportivo da comunidade, porque ela fica fechada durante o fim de semana.
Em seguida, Lula se dirige a Cabral. “O dia que a imprensa vier aí e pegar o final de semana e ver essa porra fechada, o prejuízo político é infinitamente maior do que colocar dois guardas aí“, diz o presidente.
rioLulaCabralPesaoRicardoStuckertPR
Na cena seguinte, o garoto diz para Lula que acorda com o barulho do “caveirão” (veículo blindado da Polícia Militar do Rio de Janeiro) na porta de casa. Cabral o interrompe, perguntando se há tráfico no local. Ao ouvir a resposta negativa do adolescente, diz: “Deixa de ser otário, você está fazendo discurso de otário. Bota essa inteligência para estudar, sacana”.
Nesta segunda-feira, Fernando Gabeira (PV), adversário de Cabral na corrida pelo Palácio Guanabara, afirmou que não enfatizaria a gravação. “O vídeo é bastante constrangedor até mesmo para os adversários políticos de Cabral e não precisa de interpretação.
Sem citar o vídeo, o governador postou em seu Twitter uma mensagem citando o local onde teriam acontecido as gravações. “E o horário de funcionamento da Vila Olímpica foi estendido. Viva a Paz!! Viva o Rio!! #EstamosJuntos.
Em outra ocasião, Cabral chegou a chamar trabalhadores, que protestavam contra a Super Via, de vagabundos.
Se a moda pega…

Fonte: http://www.princesanews.com

Benedita da Silva confirma promessa do laptop:

Criança de Itaqua irá para a China fazer tratamento, mas precisa de sua ajuda

Para custear o tratamento completo (08 aplicações, em 40 dias), família realiza campanha para arrecadar cerca de $ 60 mil dólares (cerca de R$ 120 mil reais), e convidamos você, para juntos ajudarmos na divulgação desta campanha de solidariedade, pois esta criança, é a nossa esperança.

Há cerca de 02 meses, Arthur Vítor Venâncio da Silva, 06, foi aceito pela equipe do dr. Kara Zhang do “International Departament Shenzhen Beike Biotechology C. O, LTD”, na China.

O pequeno itaquaquecetubense sofre com uma paralisia cerebral adquirida no primeiro mês de vida, em decorrência de uma bronquiolite.

Depois de uma parada respiratória, que durou cerca de 06 minutos, Arthur adquiriu a seqüela que prejudica alguns aspectos de seu desenvolvimento, tais como: a coordenação motora, fala, entre outros problemas.

Confirmado o diagnóstico, os pais, Edvaldo Venâncio da Silva e Adriana Maria da Silva iniciam o atendimento da criança na APAE, em Itaquaquecetuba e na AACD, em São Paulo. Nestas instituições, Arthur é assistido por fisioterapeuta, fonoaudiólogo, neurologista, fisiatra, ortopedista etc.

Ao conversar com médicos que acompanham seu filho desde criança, seu pai ficou sabendo da existência de um hospital chinês no qual os médicos realizam experimentos com células tronco, tendo alcançado bons resultados em pacientes de todo o mundo, com problemas semelhantes aos de Arthur.

De imediato, o pequeno itaquaquecetubense foi pré-inscrito no programa. Os exames foram enviados para a equipe médica dr. Kara Zhang e após análises das probabilidades, Arthur foi aceito por possuir grandes chances de recuperação.Desde então, a família busca formas de angariar os recursos suficientes para a viagem já que a vaga de Arthur estará disponível pelo período de 01 ano.

Para custear o tratamento completo (08 aplicações, em 40 dias), são necessários cerca de $ 60 mil dólares (cerca de R$ 120 mil reais). Além do tratamento, são incluídas as despesas com passagem, hospedagem e contratação de um tradutor (do chinês para português).

Os pais de Arthur iniciam uma campanha por meio da qual esperam conseguir o dinheiro necessário. Para tanto, estão dispostos à promover encontros solidários (almoços, feijoadas etc), bingos, rifas e demais atividades com finalidades beneficentes.

A família solicita o auxílio de todos aqueles que podem contribuir de alguma forma, com a promoção de eventos beneficentes ou contribuições em dinheiro, em prol da causa.

Para o primeiro caso, os telefones para contato são: 4753-5541 e 7273-4154. Doações em dinheiro podem ser efetuadas no Bradesco agência 3320 conta 1003540-6.

Para quem se interessou em saber mais sobre a história deste pequeno guerreiro itaquaquecetubense, o site é: http://wwwarthurrompendolimites.blogspot.com/ (Obs: não há ponto entre o www e o restante do endereço eletrônico).

A todos os que puderem ajudar de alguma forma, a família agradece antecipadamente.

Texto: Neirylene Cunha de Sena/JORNAL EVANGÉLICO

Nota da Redação: Como mídia, onde fazemos por vocação o serviço de informação jornalítica, publicamos como editorial, pois esta causa passou a ser nossa, onde iremos redirecionar para nosos leitores, fornecedores, amigos e colegas.

Em busca da felicidade…

Em busca da felicidade…
Hoje aqui estou,
Por aqui ando,
Por aqui caminho sem parar…
A cada dia aprendo,
Conheço,
Amo,
Sofro,
Choro…
Vivo…
Por esta estrada sempre caminhei…
Várias vezes amei,
Muitas vezes sorri,
Muitas vezes feliz vivi…
Mas por vezes caí…
Chorei,Sofri…
Até em desistir pensei…
Mas realmente não seria justo…
Pois todos aqui caminham,
Sofrem,
Choram,
Alguns desistem,
Mas a maioria continua,
Luta,
Vence,
Perde…
E assim se vai caminhando…
Assim se vai vivendo…
Todos para,frente, pois para trás não se pode ir…
E eu caminho…
Tantas vezes aleijei-me, 
Tantas vezes caí num poço,
Num abismo,
Numa completa escuridão…
Mas de novo aqui estou…
E caminho…
Luto…
Faço de tudo…
Apenas em busca da minha luz,
Do meu sol…
E todos assim…
Caminham,
Vivem pela mesma razão…
Todos… 
Sempre…
Em busca.. 
Da real Felicidade…

DILMA - A DAMA DE VERMELHO


DILMA - A DAMA DE VERMELHO


Este vídeo mostra por sim só um pouco da Dilma do PT.

Assista e tire sua conclusão, pois tem outros personagens que fizeram e estão fazendo a história do nosso pais.





terça-feira, 10 de agosto de 2010

Tem que torcer pela cidade


Afinal, a população é feito por pessoas de diversos pensamentos, classe social, partidos e grupos políticos divergentes, ou seja, cada um com o seu pensamento.

Mas a Prefeitura é uma grande empresa, onde precisa de um Gestor, Diretores, em suma, se em uma empresa com uma grande verba para administrar não tem resultados satisfatórios, isto é resolvido de pronto, ou seja, troca o presidente, diretor, chefe, e assim vai, até colocar quem tem capacidade de trabalhar com resultado no mínimo satisfatório. Já em uma prefeitura, os acionistas, ou melhor, os eleitores somente tem esta opção de 4 em 4 anos.

Algumas pessoas aqui "Comunidade do orkut Poá com acento", ou seja, já são uma dúzia, confunde os pensamentos políticos, direitos e liberdade de expressão, onde levam para o lado pessoal, e fica torcendo para o prefeito cair juntamente com seus assesores, para que quebrem a cara em um tombo, mas tem que se pensar na cidade.

As pessoas confundem afinidade com capacidade. Pois quando você pede uma pizza, nem sabe quem é a pessoa quem fez, as vezes, vc nem tem afinidade com ela, mas come a pizza, de delicia e nem imagina quem foi quem fez, afinal, vc pagou e quer mais é degustar o que pagou com o suor do seu trabalho.

Mas em tese, isto é bom, pois mostra perfeitamente, quem tem o pensamento político medíocre, e ainda não aprendeu a arte da política, afinal, arte não é pra todos, pois a grande maioria apenas aprecia, mas fazer ela bem feito, isto é pra poucos.

Os inteligentes sabem se respeitar, mesmo que tenham pensamentos políticos, e até ações políticas diferentes, mas o que é lamentável, são as pessoas, ou seja, funcionários públicos comissionados, acharem que o que estão administrando é seu, esquecendo ele que é um "Servidor Público" e que o seu salário é pago com o dinheiro de todos os cidadãos, que pagam impostos.

Digo isto, pois um gestor do primeiro escalão, presenciou eu conversando com um amigo, e já veio logo de espírito armando, sem ao menos cumprimentar com um com dia informal, com ar de estupidez, veio perguntando o que estava acontecendo, não respeitando nossa amizade e companheirismo.

E já tenho sabido de alguns relatos neste sentido, mas casa um age de acordo com o seu pensamento e modo de ser, mas tal fato, mostra uma intolerância, por parte de quem esta no poder, não respeitando o ser humano, com atos de intolerância, desrespeito, indo totalmente contra o estatuto do servidor público municipal, tudo em detrimento do seu cargo, poder e benesses.

Vamos torcer para a cidade ficar melhor, oferecer melhor qualidade de vida a seus moradores, pessoas que suaram e compraram sua casa e escolheu esta cidade para morar, trabalhar ou até passear, seja bebendo água Poá, ou visitando a igreja onde esteve Pe. Eustáquio celebrou suas missas,



domingo, 8 de agosto de 2010

Quer saber para onde vão os impostos que nós brasileiros pagamos?

Biografia Marina Silva

Imagem Biografia
Em quase 30 anos de vida pública, Marina Silva ganhou reconhecimento dentro e fora do país pela defesa da ética, da valorização dos recursos naturais e do desenvolvimento sustentável. Uma reputação construída em mandatos de vereadora, deputada estadual e senadora – eleita sempre com votações recordes – e no período em que esteve à frente do Ministério do Meio Ambiente, entre janeiro de 2003 e maio de 2008.

Nos cinco anos e quatro meses no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou a ser vista também como gestora competente. Na pasta, uma de suas conquistas foi o Plano de Ação para Prevenção e o Controle do Desmatamento da Amazônia Legal, que contou com o esforço integrado de 14 ministérios. Graças ao projeto, o ritmo de desmatamento da Amazônia caiu 57% em apenas três anos, passando de 27 mil km² para 11 mil km² ao ano. Mais de 1.500 empresas ilegais foram desmanteladas, com a prisão de 700 pessoas. A apreensão de madeira somou um milhão de metros cúbicos.

Iniciativas como essa aumentaram sua projeção internacional. No final de 2007, o jornal britânico “The Guardian” incluiu a então ministra entre as 50 pessoas que podem ajudar a salvar o planeta.

Primeiros anos
Imagem Biografia
Marina com 13 anos

Maria Osmarina Marina Silva Vaz de Lima nasceu em 8 de fevereiro de 1958 em uma pequena comunidade chamada Breu Velho, no Seringal Bagaço, no Acre. Seus pais, nordestinos, tiveram 11 filhos, dos quais três morreram. A mãe morreu quando tinha apenas 15 anos. A vida no seringal era difícil. “Eu acordava sempre às 4h da manhã, cortava uns gravetos, pegava uns pedaços de seringuins, acendia o fogo, fazia o café e uma salada de banana perriá com ovo. Esse era o nosso café da manhã”, conta.

Na adolescência sonhava em ser freira. “Minha avó dizia: ‘Minha filha, freira não pode ser analfabeta’”, lembra. O desejo de aprender a ler passou então a acompanhá-la. Aos 16 anos, contraiu hepatite, a primeira das três que foi acometida. Seu histórico de saúde ainda inclui cinco malárias e uma leishmaniose. Essas fragilidades a levaram a Rio Branco em busca de tratamento médico. Aproveitou a oportunidade para também se dedicar à vida religiosa e, ao mesmo tempo, estudar. Obteve a permissão do pai e deixou a floresta.

Imagem Biografia
Marina com Chico Mendes

Na capital acriana, para se sustentar, passou a trabalhar como empregada doméstica. Revia as lições durante as madrugadas. O progresso nos estudos foi rápido. Entre o período de Mobral, no qual aprendeu a ler e a escrever, até a formação em História transcorreram apenas dez anos. Sua formação foi complementada posteriormente com a pós-graduação em Psicopedagogia.

A vocação social se revelou quando deixava a adolescência. Marina se inscreveu em um curso de liderança rural e conheceu o líder seringueiro Chico Mendes. Passou a ter contato com as idéias da Teologia da Libertação e a participar das Comunidades Eclesiais de Base. Em 1984, ajudou a fundar a CUT (Central Única dos Trabalhadores) no Acre. Chico Mendes foi o primeiro coordenador da entidade e Marina a vice-coordenadora.

Parlamento
Imagem Biografia
Marina na Assembléia Legislativa - 1991

Filiada ao PT, Marina disputou seu primeiro cargo público em 1986, ao concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados. Ficou entre os cinco mais votados, mas o partido não atingiu o quociente eleitoral mínimo exigido. Os sucessos eleitorais de Marina começaram dois anos depois, ao se eleger vereadora, a mais votada de Rio Branco. Uma de suas primeiras manifestações foi devolver o dinheiro de gratificações, auxílio-moradia e outras mordomias que os demais vereadores recebiam sem questionamento.
Com atos como esse, atraiu a ira dos adversários políticos ao mesmo tempo em que obtinha um reconhecimento popular que se manifestou na eleição seguinte, em 1990, quando se tornou deputada estadual, novamente com votação recorde. Em 1994, aos 36 anos, chegou a Brasília como a senadora mais jovem da história da República. Foi reeleita em 2002, com votação quase três vezes superior à anterior.

No Senado, foi a primeira voz a defender a importância de o governo assumir metas para redução das emissões de gases do efeito estufa. Em 2009, o Planalto anunciou, finalmente, a adoção dessas metas. Também cobrou do Executivo federal e do Congresso a inclusão da meta brasileira, com os percentuais para a redução das emissões de gases do efeito estufa até 2020, no Plano Nacional de Mudanças Climáticas, que seria aprovado e sancionado pelo presidente antes da realização da Conferência de Clima (COP15), em dezembro, em Copenhague.

Ministério

No Ministério do Meio Ambiente, Marina Silva trabalhou por políticas estruturantes baseadas em quatro diretrizes básicas: 1) maior participação e controle social; 2) fortalecimento do sistema nacional de meio ambiente; 3) transversalidade nas ações de governo; 4) promoção do desenvolvimento sustentável.

No governo do presidente Lula, Marina buscou transformar a questão ambiental em uma política de governo, que quebrasse o tradicional isolamento da área. Foi assim que o governo passou a exigir, nos projetos hidrelétricos a serem leiloados, a obtenção da licença prévia para que a viabilidade ambiental dos empreendimentos fosse avaliada antes da concessão para a exploração privada. Também baseado nessa diretriz, o ministério, por intermédio do Ibama, passou a ser ouvido prioritariamente antes da licitação dos blocos de petróleo.

Em 13 de maio de 2008, pediu demissão do ministério. Em carta ao presidente Lula, afirmou que deixava o cargo por conta das dificuldades que enfrentava dentro do governo. “Esta difícil decisão, Sr. Presidente, decorre das dificuldades que tenho enfrentado há algum tempo para dar prosseguimento à agenda ambiental federal”, afirmava Marina, que voltou para o Senado.

Em 19 de agosto do ano passado deixou o PT. Em comunicado ao partido, manifestou seu desacordo com uma “concepção do desenvolvimento centrada no crescimento material a qualquer custo, com ganhos exacerbados para poucos e resultados perversos para a maioria, ao custo, principalmente para os mais pobres, da destruição de recursos naturais e da qualidade de vida”. Onze dias depois, anunciou sua filiação ao PV.

Pré-candidatura à Presidência

Em 16 de maio deste ano, Marina lançou sua pré-candidatura à Presidência e anunciou o empresário Guilherme Leal como seu vice. Em seu discurso durante encontro do PV em Nova Iguaçu (RJ), a senadora disse esperar que o país saia da próxima eleição com um novo “acordo social”, que integre avanços dos governos passados e aponte para uma economia de baixo carbono. Lembrou conquistas dos governos Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva, entre elas a estabilização econômica e a redução da pobreza.

Prêmios

A lista de prêmios e reconhecimentos nacionais e internacionais mostra a expressão internacional conquistada pela senadora. Além de ser incluída na lista do jornal “The Guardian”, conquistou o “2007 Champions of the Earth”, o principal prêmio da ONU na área ambiental. Em outubro de 2008, recebeu das mãos do príncipe Philip da Inglaterra, no palácio de Saint James, em Londres, a medalha Duque de Edimburgo, em reconhecimento à sua trajetória e luta em defesa da Amazônia brasileira – o prêmio mais importante concedido pela Rede WWF. Em 2009, recebeu o prêmio Sophie da Sophie Foundation, concedido a pessoas e organizações que se destacam nas áreas ambientais e do desenvolvimento sustentável, em Oslo, Noruega. Também em 2009, recebeu da Fundação Príncipe Albert 2º de Mônaco o Prêmio sobre Mudança Climática (Climate Change Award), em reconhecimento à sua contribuição para projetos na área do meio ambiente, ações e iniciativas conduzidas sob a ótica do desenvolvimento sustentável.


Fonte: minhamarina.org.br

TMKT oferece 500 vagas em contact center em Poá (SP)



A TMKT, empresa de contact center, abriu 500 vagas para operadores ativos e receptivos para atuação em Poá, na Grande São Paulo. Os candidatos devem ter ensino médio completo, ter acima de 18 anos, boa comunicação verbal e conhecimentos básicos de informática. Não é necessário ter experiência na função.
A empresa oferece remuneração fixa, além de comissionamento (para ações de vendas), convênio médico, odontológico, vale-transporte, vale-alimentação, oportunidade de crescimento profissional e convênio com faculdades para descontos que podem chegar a 50%.

A TMKT oferece treinamentos para capacitação profissional, de acordo com a área em que o colaborador for atuar.

Os interessados deverão entrar em contato pelo telefone (11) 3376-8696 ou comparecer na Avenida Brasil, 1230 – Poá (em frente à estação de trem Calmon Viana), até o dia 20 de agosto.

Veja uma grande lista de Concursos e Empregos - Boa Sorte.

Click no link: http://migre.me/13cCm
 
Fonte: G1

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Para quem gosta de um filme com aventura

Seu nome real é Konidela Siva Shankara Vara Prasad. Esse cara é super famoso na Índia pelos filmes de ação que protagoniza.
Além de se dar bem como ator, ganhando inúmeros prêmios, o cara é tipo mega-cantor famoso lá na Índia. Na linha que o Roberto Carlos fez por aqui nos anos 70. (quem esqueceria da antológica cena do helicóptero dentro do tunel?)



Prêmio Porto Seguro Fotografia 2010




REGULAMENTO


O Prêmio Porto Seguro Fotografia é destinado a fotógrafos brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil. Este ano a ação curatorial propõe a apresentação de ENSAIOS e, com eles, a elaboração de uma reflexão na qual a fotografia é vista como fenômeno da civilização inserida em uma história social do olhar, independente de temas preestabelecidos.

1 – PARTICIPAÇÃO POR INSCRIÇÃO

1.1 - Categorias de inscrição: Categoria São Paulo – Para ensaios que enfoquem uma reflexão específica sobre a cidade de São Paulo. Categoria Brasil – Para ensaios que enfoquem uma reflexão sobre o Brasil. Categoria Pesquisas Contemporâneas – Para ensaios que se caracterizem por uma pesquisa contemporânea na linguagem fotográfica, dialogando com as questões que permeiam a representação visual nos dias de hoje. Serão analisados trabalhos já finalizados ou projetos de obras ainda não viabilizados.

1.2 - Inscrição

1.2.1. Podem ser enviados ensaios em cor ou em preto e branco, obrigatoriamente impressos.

1.2.2. Não há restrição para qualquer tamanho dos trabalhos inscritos ou para a quantidade de fotos de cada ensaio.

1.2.3. Para as mídias contemporâneas podem ser apresentados ensaios em DVD, CD, imagem captada por celular ou qualquer outra mídia, desde que a forma apresentada seja o suporte de finalização do ensaio.

1.2.4. No verso de cada fotografia, ou no suporte físico escolhido, deve constar o pseudônimo do autor, o título e a data do ensaio, além da categoria da inscrição (modelo anexo ao regulamento).

Somente na ficha de inscrição (modelo anexo) devem constar o nome completo e o pseudônimo. Esse procedimento objetiva a não-identificação do autor no momento da seleção.

1.2.5. Os trabalhos inscritos na Categoria Pesquisas Contemporâneas, apresentados em DVD, CD ou outras mídias, devem conter apenas o pseudônimo do autor e as especificações de software ou outras referências técnicas e conceituais para leitura. Registrar nome completo e pseudônimo apenas na ficha de inscrição.

1.2.6. As inscrições de imagens captadas por celular devem ser enviadas exclusivamente por via eletrônica. Encaminhar em único e-mail 2 (dois) arquivos: 1 (um) arquivo contendo as imagens e o pseudônimo do autor em jpeg, gif ou bmp (limite máximo 500kb), além de referência do celular utilizado; 1 (um) arquivo com a ficha de inscrição contendo nome completo, pseudônimo do autor e demais itens solicitados no modelo anexo ao regulamento.

1.3. - Para onde e quando enviar a inscrição:

Espaço Cultural Porto Seguro Avenida Rio Branco, 1489, térreo, Campos Elíseos 01205-905 - São Paulo-SP

Enviar a inscrição via postal ou entregar pessoalmente.

De segunda a sexta-feira das 10h às 17h, no período de 30 de julho a 10 de setembro de 2010; sábado e domingo, dias 11 e 12 de setembro de 2010, das 9h às 13h.

A data limite de postagem (carimbo dos Correios) é o dia 10 de setembro de 2010.

As inscrições de imagens captadas por celular devem ser enviadas até as 23h do dia 12 de setembro de 2010, exclusivamente por via eletrônica, pelo e-mail:espaco.fotografia@portoseguro.com.br

2 – PARTICIPAÇÃO POR INDICAÇÃO

Para o Prêmio Especial Porto Seguro, um Colégio Eleitoral – formado pelos premiados, selecionados e participantes das Comissões de Premiação das edições anteriores – indicará fotógrafos que tenham ensaios relevantes sobre a cidade de São Paulo, sobre o Brasil ou em pesquisas contemporâneas.

A Comissão de Premiação escolherá, entre os mais votados pelo Colégio Eleitoral, o Prêmio Especial Porto Seguro 2010.

O Prêmio Porto Seguro Revelação será destinado a um fotógrafo iniciante, inscrito nas categorias São Paulo, Brasil ou Pesquisas Contemporâneas, que tenha apresentado um conjunto singular de obras.

3 – COMISSÃO DE PREMIAÇÃO

A Comissão de Premiação é composta por Ana Maria Belluzzo, professora e crítica de artes visuais; Cildo Oliveira, artista plástico; Cristiano Mascaro, fotógrafo; Luiz Braga, fotógrafo; Walter Firmo, fotógrafo.

4 – PRÊMIOS

A Comissão de Premiação outorgará:

1 Prêmio Especial Porto Seguro

Aquisição, no valor de R$ 40.000,00 (quarenta mil reais).

1 Prêmio Porto Seguro São Paulo

Aquisição, no valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais).

1 Prêmio Porto Seguro Brasil

Aquisição, no valor de R$20.000,00 (vinte mil reais).

1 Prêmio Porto Seguro Pesquisas Contemporâneas

Aquisição, no valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais).

1 Prêmio Porto Seguro Revelação

Aquisição, no valor de R$ 10.000.00 (dez mil reais).

20 Prêmios, distribuídos entre as categorias São Paulo, Brasil e Pesquisas Contemporâneas, no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais).

5 – DISPOSIÇÕES GERAIS

5.1. Os prêmios em dinheiro apresentam o valor bruto e estão sujeitos à tributação, conforme legislação em vigor na data da entrega.

5.2. Os artistas premiados participarão de exposição coletiva no Espaço Cultural Porto Seguro. 5.3. Os participantes receberão via correio, no endereço indicado na ficha de inscrição, confirmação de premiação.

5.4. Os resultados da premiação serão divulgados pela imprensa e internet entre novembro e dezembro de 2010. A cerimônia de entrega dos prêmios acontecerá também nesse período, juntamente com a abertura da Mostra dos trabalhos premiados.

5.5. É vetada a participação de qualquer funcionário ou parente, até terceiro grau, dos membros da Comissão de Organização, Comissão de Premiação ou patrocinadores.

5.6. Não serão aceitas inscrições de trabalhos premiados em outros concursos.

5.7. Os vencedores dos prêmios São Paulo, Brasil, Pesquisas Contemporâneas e Revelação ficam obrigados a fornecer para o Espaço Cultural Porto Seguro uma cópia de longa permanência dos trabalhos premiados, de tamanho a ser combinado com a Comissão de Organização. Esses trabalhos integrarão o Acervo Prêmio Porto Seguro Fotografia. A Comissão de Organização definirá, em acordo com o premiado, o melhor formato de entrega dos trabalhos apresentados em CD, DVD, imagem celular ou outros suportes. O vencedor do Prêmio Especial Porto Seguro fornecerá para o acervo do Prêmio Porto Seguro Fotografia as obras que representarão o Prêmio. A Comissão de Organização e a Curadoria do Prêmio, de comum acordo com o artista vencedor, selecionarão esses trabalhos.

5.8. As imagens premiadas serão incorporadas ao Acervo Prêmio Porto Seguro Fotografia e poderão ser utilizadas pelo Instituto Porto Seguro exclusivamente em projetos culturais e na divulgação do Prêmio Porto Seguro Fotografia, sem qualquer pagamento ao autor, seja a que título for.

5.9. Os artistas não selecionados que optarem pela devolução dos seus trabalhos devem enviar, junto com a inscrição, embalagem apropriada, previamente identificada e paga à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, imprescindivelmente com autorização de próprio punho, para que o Espaço Cultural Porto Seguro providencie a devolução. As obras não selecionadas poderão também ser retiradas no Espaço Cultural Porto Seguro - Av. Rio Branco, nº 1489, térreo, Campos Elíseos, CEP 01205-905 - São Paulo/SP, de segunda a sexta-feira, no período de 18 a 22 de outubro de 2010, das 10h às 17h, e no sábado, dia 23 de outubro de 2010, das 9h às 12h. Após este prazo, todas as fotografias não retiradas serão destruídas.

5.10. As decisões da Comissão de Premiação são soberanas, sendo facultada a não-concessão de prêmios.

5.11. A inscrição no Prêmio implica a aceitação do presente regulamento.

>> Clique aqui para acessar a ficha de inscrição