ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

sábado, 26 de março de 2016

#FelizAniversário Poá pelo (67º) sexagésimo sétimo aniversário - Um olhar por Adilson Santos

Carta Aberta por Adilson Santos fotógrafo

Hoje a cidade de Poá (SP) esta em festa, pois comemora sues 67 anos de aniversário de emancipação político-administratívo. E o que temos a comemorar?

Bem, temos um grande tesouro natural, que é a água das Fonte Áurea, Primavera e outras mais espalhadas pela cidade. Temos tanta água na Fonte Áurea, que ela é vendida, mas tem uma grande sobra que é desperdiçada e jogada fora, tudo em detrimento ao nosso sistema de vida capitalista.

Temos uma segunda riqueza, que é o povo, a gente desta cidade, que hoje tem uma previsão do IBGE de serem 113.793 habitantes. Pessoas de diversas regiões, cidades e até de outros países. Mas temos poucas pessoas nascida aqui, pois temos um hospital, com cara de hospital, nome de hospital mas não é hospital, e nem atende como tal. Mas o povo é ordeiro, e sua grande maioria vem aqui só para dormir.

Este povo ordeiro, que vive na cidade, pagam seus impostos onde a cidade tem a previsão de arrecadar este ano o total de R$ 470.099.718,00 (Quatrocentos Milhões, Noventa e Nove Mil, Setecentos e Dezoito Reais) e sabe para onde vai este dinheiro? Para a prefeitura administrar e a Câmara de Vereadores fiscalizar, onde o montante de 6% fica na casa de leis, que é o valor de R$ 24.400,00 (Vinte e Quatro Milhões e Quatrocentos Mil Reais).

A política do Brasil esta na UTI 
A situação política do Brasil esta muito doente, e já é caso de UTI - com diversas complicações, começando na capital federal, com os escândalos da Petrobras de grande montante de desvio de dinheiro para diversos esquemas políticos envolvendo o nome do partido que esta no poder que é o PT e seus aliados.

Em São Paulo, no executivo o partido do poder que é o PSDB, esta envolvido no esquema de trens e metros, enquanto isto, o transporte público um caos. Já no legislativo, seu presidente esta sendo acusado em um esquema de merenda escolar junto também com PSDB.

Já em Poá temos um executivo que não consegue atender completamente os anseios da população em todas as secretarias, onde temos visto este clamor nas redes sociais. Alguns secretários que ocupam cargos, tratam cobranças de demandas pelo lado pessoal, e não resolvem, deixa o prefeito como dizem: "numa fria". Já no legislativo, um vereador sendo acusado e foi processado de apossar do salário de um assessor que por amor ao evangelho, não quer declarações. Fora o legislativo que não fiscaliza o executivo, pois segundo também informações, existe indicações de cargos no executivo, onde isto é fácil de ver nas redes sociais. Tudo formando um trabalho político, ou melhor, politiqueiro. Não trabalho político em detrimento da cidade, mas para uma disputa de poder, ou poderes, para estarem no executivo e legislativo. Mas e o judiciário? Finge não ver, ou não quer ver?

E em tudo isto, quem paga o preço caro e sente na pele?     O povo, que trabalha pagando seus impostos do dia 1º de janeiro até o final do mês de maio. E para onde vai este dinheiro? Para a política e ou sistema político. Sou seja, é através de nossos impostos, que sustentamos todos os serviços público.

Serviço Público? É isto mesmo, políticos são servidores público, ou seja, funcionários do povo, e para o povo. Ao menos em tese, ou seja, na teoria deveria ser assim, funcionar assim. Mas não é assim que funciona. Temos e vemos políticos usando do poder, de seus cargos, para benesses pessoais, familiares e por ai vai.

Vemos diversos órgãos público na cidade de Poá, com má vontade de atendimento, um verdadeiro jogo de empurra empurra. Servidores nem sempre com capacidade técnica e ou administrativa para estar naquele local. Os gestores, em sua grande totalidade, são indicações política, indo de secretários, diretores, chefias, e nem sempre tem a real condição de estar ali prestando um serviço público, sem a devida qualificação e ou conhecimento técnico para a pasta, pois tem casos que estão ali defendendo o seu salário, indicação e interesse político pessoal ou de alguém. E em último, vem o real atendimento ao povo, que claro, deveria ser o primeiro quesito. Mas não funciona assim.

Temos uma ouvidoria que além de demorar para dar respostas, a mesma por vezes além de demorar o retorno, recebe respostas corporativistas, e o pior, não é usada para mapear e resolver o problema do setor reclamado e ou serviço reivindicado pelo setor. Já sobre sigilo, é pedir demais né. Denúncias que já foram feitas pedindo sigilo, vaza e causa transtornos e celeumas. Digo isto pois aconteceu comigo.

Já no legislativo, existe uma blindagem em prol deles mesmo, os vereadores eleitos para o povo, onde usam e fazem de tudo para não praticar a democracia de fato. Primeiro eles, o grupo deles, os vereadores deles, o interesse deles, e o povo serve como escada deles, já o real interesse do povo, este fica lá no final da fila. Desde a criação do G10 em Poá, que depois foi G12 a câmara da cidade, vem com um sistema viciante, onde os vereadores se blindam, fecham em grupos onde eleitos pelo povo, tem em seus atos nos bastidores, ações de interesse(s) próprio(s). Tivemos diversos parentes de vereadores, familiares e amigos que trabalhavam no executivo, onde segundo o Ministério Público, indicação de membros do Legislativo, com ações tramitadas pela justiça e outros TAC's (Temos de Ajustamento de Conduta). Mas pera ai?! Eles não são homems e mulheres do povo e a serviço do povo?

Posicionamento político
Onde iremos parar e de quantos Moro's vamos precisar? Até quando vamos ver os membro do PT dizendo que o juiz Sérgio Moro esta ganhando dinheiro sobre isto, e que nem tudo foi dito ou feito? E que as grandes mídias não diz tudo, que nem toda a lista foi divulgada. pois tem também seus interesses, e fica neste jogo de acusação, como se isto, fosse a solução para pararem as investigações e ou não prender os responsáveis que roubou e desviou o dinheiro público? Até quando vamos ter que ver isto e ficar sem tomar ação? Até quando vamos ter que ouvir eles dizendo que #NãoVaiTer #Golpe, como se isto fosse uma justificativa pelos grandes desvios e conluios políticos feito, para um acobertar o outro, e prejudicando a nação brasileira, o povo que paga seus impostos e sofre na pele este grande sistema podre de corrupção?

Como cidadão, não quero e não vou ficar parado, e cada um usa as informações que tem. Já não é de hoje, que venho cobrando bons serviços público. Pois como sempre digo, se os políticos são empregados do povo, nós somos o patrão, e como patrão, temos que cobrar, participar e saber escolher melhor nossos empregados.

Sendo assim, estou colocando o meu nome à disposição do PSB de Poá, para poder ser um candidato à vereador na eleição de 2016. Aceitei o desafio de tentar mudar a situação, se ser a voz do povo, de ter um mandato popular de fato, não só na foto, mas na vivência do dia a dia, ouvindo a base e o povo da base, dos bairros, dos diversos seguimentos da sociedade, desta gente do povo que quer  uma vida melhor, e não ficar passando o pires pedindo favor político, mas sim, um trabalho político de interesse coletivo, para o bem de todos.

Meu presente
Não é justo uma cidade grande em sua arrecadação orçamentária, ficar pedindo pelo amor de Deus uma construção de uma área de lazer na Vila Perracine. Bairro grande, populoso, mas um dos mais largados pelo Poder Público e políticos da cidade que só la vão e ou procuram com interesse político próprio, mas não coletivo para o bairro.

Perracine é um bairro sem creche, sem posto de saúde, sem políticas de cultura e lazer cultural local, temos duas praças esportivas que estão em uma área particular, onde só os adultos no final de semana usam para partidas de futebol, mas a grande área com impostos atrasado, sem sofrido e esta passando por especulação imobiliária. Diversas pessoas jogam lixo e entulho no local, mas a prefeitura não aplica as leis na área, e não sei por qual motivo. Mas já fiz denúncias pois no governo do prefeito cassado jogou entulhos no local.

Não temos escola, o prédio que o Sesi 175 usa é da prefeitura, e as crianças do bairro não podem usar, e ninguém da classe política diz nada. Já a escola que estava em construção, estão com suas obras paradas. Já o posto de saúde que atendia o bairro que é o CSII, mais uma vez sofreu com as enchentes que houve no dia 9 de janeiro deste ano, onde mudou de local de atendimento, se afastando ainda mais dos moradores do bairro, que tem seus direitos constitucionais só no papel.

O meu presente é como o de todas a grande maioria das pessoas da cidade, é a esperança de uma vida melhor para todos, e sendo assim, quero fazer minha parte a cada dia. Se eu tiver um mandato fica melhor, conseguiremos cobrar mais. Sem mandato, vamos continuar como  um simples cidadão de olho, aprendendo, cobrando, vivendo e com a esperança de uma Poá Melhor.

Feliz Aniversário Poá, mas lembre-se: #OmelhorEstaPorVir.

Honremos nossa Poá como diz o seu hino

Hino do município de Poá
Letra por Zaira Gelain
Melodia por A. Mormorá Filho

Nossa cidade pequena
Um pedacinho de terra
Onde a existência é feliz
Em sua faina serena
No alto da verde serra
Trabalha pelo país

Na velhice ou mocidade
Seja a sorte boa ou má
Amemos esta cidade
Honremos nossa Poá

Apesar de pequenina
Poá na humildade encerra
A honra mais varonil
Esta cidade menina
Deu filhos para a guerra
Para a glória do Brasil

Adilson Santos fotógrafo e cidadão

sexta-feira, 11 de março de 2016

Vereador Madruga solicita? foi oportunista? mente? copiou ou vai provar???

Por Adilson Santos
Armário colocado
no buraco por
moradores do bairro
Quem se lembra da foto em que os moradores da rua Santa Cruz, na Vila Perracine na cidade de Poá, quando no dia 23 de fevereiro de 2016 - procurou o ativista social Adilson Santos, e disseram que a Sabesp fez uma ligação de água/esgoto, e com o serviço mal feito, como em grande maioria das vezes é deixado pela empresa, os populares para evitar acidentes, tanto de carro, quando de pessoas que por la circulam, colocaram um armário velho em cima do buraco para sinalizar. Clique aqui para ver e ler a postagem.

Postamos nas redes sociais, e encaminhamos para as autoridades competentes, entre elas a Prefeitura de Poá, inclusive para a Sabesp.

Agora vejam o que o vereador Jorge Luiz Monteiro, o Madruga, postou em sua página do facebook, ou seja, fan page, onde segundo informações é administrado pela assessoria.

Na foto aponta a rua com uma capa de asfalto. Clique aqui e veja na página do vereador Madruga, que foi postado no dia 9 de março de 2016.

Versão do Vereador
Veja o que o vereador escreveu: Mais uma solicitação minha junto com a equipe da SSU do tapa buracos foi atendida pelo nosso amigo Fabio "Suru" e o nosso secretario Ezequiel agradeço a todos.
Por volta das 10h de hoje, ligamos para o gabinete do vereador no telefone 4634-6066, atendido pelo Givaldo, que passou para a Neusa, a qual informou que o vereador não estava, mas deixei recado.

Passada uma hora liguei de novo, mas ele não estava, e voltei a ligar por volta das 16h, fui atendido pelo Levi que disse: Vou ser se ele pode te atender, com ar de arrogância.


Atendido secamente pelo vereador que disse: Fala - Madruga nem disse boa tarde, muito menos cumprimentou, já estava azedo. Perguntei a ele sobre o pedido, de que forma havia sido feito. O vereador disse que pediu pare o secretário do SSU (Secretaria de Serviços Urbanos - falei com o Ezequiel, declarou Madruga.

Quando perguntado se havia um documento formal, ofício ou indicação, ele disse que iria providenciar, falou ainda que tinha as fotos, e depois me mostraria. Passa qualquer terça na Câmara e eu te mostro, disse o vereador, que afirmou ter feito um pedido verbal. Mas no seu comentário, diz que falou o Suru, que trabalho na pasta.

Prefeitura solicitou para Secretaria de Obras

Adilson Santos postou a demanda no blog (veja clicando aqui) e facebook do bairro (veja clicando aqui)  #Sabesp deixa buraco na rua Santa Cruz na Vila Perracine, rua da feira.

A demanda foi encaminhada para a prefeitura, e a secretaria de obras foi acionada, pois é ela que entra em contato com a Sabesp e faz a cobrança, declarou Borges na prefeitura de Poá.

Vereador Madruga solicita? foi oportunista? mente? copiou ou vai provar???
Perante tudo isto, resta perguntar ao vereador Madruga:

Foi o vereador quem solicitou?  Como? De que fora?

Foi o vereador oportunista?

O vereador esta mentindo? Ou ficou sabendo pela internet?

Será que alguém da secretaria de obras informou ao vereador? Tem algum funcionário do local que seja cargo comissionado e esteja passando informações ao vereador Madruga?

Prove e o desculparemos
Pode ser também, que moradores, tenho procurado o vereador Madruga, e informado a ele, que fez o pedido, mas tem que provar, pois a nossa postagem tem data.

E talvez, também, os moradores que procuraram o ativista social Adilson Santos, tenham lhe procurado após Madruga ter ido ao local. Mas para tal, também terá que provar, e ai, o erro será do ativista. Mas tem que ter provas.

Ou será que os dois pediram juntos?

Veja as fotos que foram tiradas quando foi feito o protesto e pedido dia 23 de fevereiro de 2016























Veja as fotos após o reparo, feito no dia 23 de fevereiro de 2016





sábado, 5 de março de 2016

Saiu o edital do Concurso da GCM de Poá, tenha acesso aqui e na POÁ COM ACENTO

A Prefeitura da Estância Hidromineral de POÁ, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Urbana (SMSU) torna público o Edital que estabelece normas específicas para a realização de Concurso Público, destinado a selecionar candidatos visando o preenchimento de 44 (quarenta e quatro) vagas, sendo 09 vagas para o sexo feminino e 35 vagas para o sexo masculino, obedecendo aos critérios da conveniência e da oportunidade da Administração Pública.




O Concurso Público destina-se ao preenchimento das vagas existentes e para as que vierem a existir dentro do prazo de sua validade, pelo Regime Estatutário – Lei Municipal nº 3.718/2014 e Lei Municipal nº 3.722/2014.


O candidato aprovado em todas as fases do concurso deverá, obrigatoriamente frequentar o Curso de Formação, obedecendo ao número de vagas disponíveis. Durante o Curso de Formação, o “ALUNO GCM” receberá auxílio do valor de R$ 841,50.


O Curso de Formação será regido por normas próprias, estabelecidas pela Secretaria Municipal de Segurança Urbana, pelo que rege a Lei Municipal n° 3.722/2014. Após o Curso de Formação, respeitando o número de vagas, o candidato convocado será nomeado no cargo efetivo de Guarda Municipal 3ª Classe, com remuneração de R$ 1.654,39 (um mil, seiscentos e cinquenta e quatro reais e trinta e nove centavos) mais vale alimentação e vale transporte.


O candidato aprovado, que vier a ser nomeado, deverá prestar serviços dentro do horário estabelecido pela administração, obedecida à carga horária semanal de trabalho, podendo ser submetido à escala de 12x36 horas, em período diurno e/ou noturno, em dias da semana, sábados, domingos e feriados civis/religiosos e será submetido a um período de estágio probatório de 3 (três) anos.

O Chefe do Poder Executivo Poaense, mediante proposta da Secretaria Municipal de Segurança Urbana, nomeará uma Comissão Organizadora do Concurso Público, sendo um de seus membros presidente do concurso, a qual, juntamente com a Vunesp, tratará das fases e atos atinentes ao concurso no que cada um couber, na forma do presente Edital.

A empresa Vunesp que foi contratada para realizar o concurso, tem este link (http://www.vunesp.com.br/PEHP1501/) , o qual vc pode estar acompanhando todo o processo e trâmites do concurso. A inscrição será do dia 14 de março até 15 de abril de 2016.

Boa sorte