ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Dia da Mídia - ALESP - Dep. José Bruno 21-06-2010

ITAÚ patrocinador da seleção brasileira, desrespeita pedestre em Poá enfeiando a cidade com uma caçamba verde e amarelo

O Centro Empresarial Itaú, o qual esta situado na Estância Hidromineral de Poá, entre as ruas: Alameda Pedro Calil, Avenidas Nove de Julho, e Antônio Massa, esta emporcalhando a cidade, onde colocou na calçada, uma caçamba de entulho, onde além de feia, sendo de cores verde a amarelo, esta na calçada, atrapalhando o transito de pedestres, pessoas de idade, crianças, deficientes físico, os quais se quiser, ou faz malabarismo ali, ou disputa espaço na Avenida Antônio Massa, com os veículos.

Veja a foto abaixo:

Enquanto esta banco, colocou em várias cidades do pais 140 refletores espalhados em sete capitais, colorindo o céu com uma decoração iluminativa verde e amarelo, em alusão a copa, aqui na cidade, faz dela o que bem quer, onde pareçe não ter gestão na mesma.

Em iniciativa inédita, o banco Itaú traz ao Brasil 140 refletores, com 10.000 watts de potência para iluminar sete capitais do país, onde envolveu mais de 500 profissionais. Em contrapartida na cidade que acolhe o seu Centro Empresarial, coloca uma caçamba, que atrapalha a caminhada, além de não permitir que o cidadão exerça o seu direito de ir e vir.

Tal atitude, mostra claraemente o desperespeito do Banco Itaú, com os cidadãos poaensses, que pelo mesmo local, se depara as vezes, com carros entrando e saindo, alguns com velocidades exessiva, onde buzinam para que o pedestre saia do seu caminho, como se ali, a prioridade fosse do motorista e seu automóvel.

E tem outros, que nem seta dão, onde entram com velocidade alta, parando na portão, onde fica buzinando até o vigilante abrir os portões.


É O ITAÚ PENSANDO EM VOCÊ - POAENSSE BOBÃO.



terça-feira, 22 de junho de 2010

Caminhão da Prefeitura de Poá transporta pessoas na caçamba de caminhão

Na cidade de Poá, o caminhão BPZ 3402 da Secretaria de Serviços Urbanos, na manhã do dia de hoje, 22 de junho de 2010 às 10h31, tranportava 4 pessoas em sua caçamba, onde parecia ser funcionários da Prefeitura da cidade.

Tal fato, mostra a falta de compromisso administrativo tanto por parte do prefeito, quanto dos secretários sendo eles do Serviços Urbanos, Administração Pública e Segurança, os quais em cada respectiva áreaa, tem o compromisso de zelar, trabalhar e não vulnerabilizar um profissional ou profissionais que prestam serviços.

Isto mostra, o papel invertido do Estado, onde em vez de ser exemplo, mostra o quanto esta desrespeitando as leis, principalmente a do bom senso, onde tranporta seres humanos, colocando em risco.

Fora também, o descaso do sindicato da categoria, que teria e tem que tomar uma medida efetiva correta, concernete as fotos abaixo, que é prova viva do descaso da Adminstração Pública Municipal.

Já em frente a Praça da Bíblia e Guido Guida, é possível ver uma viatura do Departamento de Transito, que está estacionada, onde o caminhão passou a frente da mesma.

Já o Departamento de Transito demonstra que o que funciona mesmo aqui, é a industria da multa, pois Educação de Transito, fica só no papel.

Será que tal fato merece ser levado ao conheciento do Ministério Público?







segunda-feira, 21 de junho de 2010

Departamento de Trânsito em Poá SP, não funciona

Ontem, após o jogo do Brasil, várias pessoas invadiram a avenida Nove de Julho, na altura da Lanchonete California, onde pessoas alcolizadas, atrapalhavam o transito, inpedindo os carros de passarem, e ainda agredindo as pessoas nos seus automóveis, com ruidos, gestos e palavras de baixo calão.

Dois funcionários do Departamento de Transito de Poá, que não educa, mas só multam, estavam lá estressados, descontando a raiva e estresse, em quem iria pedir informações a eles.

Enquanto isto, na Praça da Bíblia e Guido Guido, vários Guardas Municipais, estavam a postos, com suas viaturas, parados e conversando, sendo que a menos de mil metros dali, havia um caos instalados, onde colegas de trabalho, rebolavam, para poderem colocar o transito em ordem.

Após ligar para a Polícia Militar, a qual informou que eu teria que aguardar no local para poder convesar com os policiais da viatura, (como se não fosse possível, eles irem até o local, para poderem verificar o que estava acontecendo, e reestabelecer a ordem pública). Sendo que tempo depois, me ligaram de volta, dizendo que isto era problema do Departamento de Transito da cidade, e que iriam entrar em contato com eles.

Já o ônus do descaso, quem paga é o povo.

sábado, 19 de junho de 2010

O CAMINHO DE UMA TRAGÉDIA

No dia 11 de junho, com uma hora de atraso, aconteceu uma Sessão Solene na Câmara da Estância de Poá, onde foram homenageados 11 pastores da cidade.

A data foi instituída por meio de projeto de lei de autoria dos vereadores Jeruza Lisboa Pacheco Reis (PTB) e Fernando Rodrigues Molina Júnior, o Júnior da Locadora (PV), data esta bem lembrada pois diversas igrejas comemoram no dia 14 de junho, o dia do pastor, e nada mais justo, de ter o reconhecimento do Poder Legislativo também.

A sessão foi muito emocionante, carregada de vários discursos, onde uns vieram do coração, e com certeza ficara em nossas mentes e coração, principalmente os que sairam das bocas dos sacerdotes. Já de alguns, será como dizia uma professora: Entou em um ouvido e saiu pelo outro.

MAS E O CAMINHO DA TRAGÉDIA?

Logo no final do evento, na hora de tirar umas das últimas fotos com os homenageados e autoridades, acabou a energia elétrica. Até ai tudo bem, acontece que na Câmara, por ser um local onde concentra um grande número de pessoas, tem que ter saidas e iluminação de emegência.

Nem um nem outro, a porta lateral com sempre trancada a noite, já as lâmpadas de emeregência, nõa funionou nenhuma. Olha só, nenhuma nem pra contar a história.

Um verdadeiro descaso, e ato de irresponsabilidade por um Poder Legislativo, que não esta de acordo com as legislações vigentes nesta área, onde tal fato, podia gerar um pânico, ou princípio de pânico, e acontecer uma tragédia.

Sem contar que no banheiro masculino, cai água da pia no chão, torneira esta quebrada já faz tempo, e um banheiro já fez até aniversário de quebrado.

EXECUTIVO, NÃO RESPEITA E IGNORA AUTORIDADES ECLESIÁTICAS DE POÁ

Já o Poder Executivo, juntamente com prefeito e secretários, foram convidados para prestigiarem o evento, e os pastores, que fazem um grande trabalho evangelíscito e social na cidade, mas não foram presitigiados, nem por funcionários de terceiro escalão.

Prefeito, vice-prefeito, secretários e diretores de departamentos do executivo municipal, nem ao menos enviaram um bilhete, justificando o evento.

Já em época de eleição, todos com certeza, procurarão novamente as igrejas evangélicas e seu povo, para pedir o seu voto, e usar mais uma vez, os evangélicos, como escada eleitoral.

terça-feira, 15 de junho de 2010

Patriotismo X Copa do Mundo


Patriotismo X Copa do Mundo

Copa do Mundo
Vemos em época de Copa do Mundo, o quanto os brasileiros, são patriotas, como torcem pelo Brasil, apesar de que já vimos o povo torcendo com mais dedicação em outras copas.

As ruas são pintadas, casas decoradas, alguns governos fazem concursos, já as grandes empresas, fazem promoção, onde o mercado de marketing é amplamente explorado.

Nos dias de jogos, as pessoas vestem sua camisa verde amarela, decoram seus carros, e até locais de trabalho, pois o que se vê, é o povo torcendo pelo Brasil, ou melhor, por 11 jogadores em campo, mais alguns outros no banco de reserva, onde o objetivo, é ganhar o jogo, é ser campeão, e poder torcer, gritar, comemorar, ir paras a ruas, enfim. Ser um real torcedor do Brasil. Afinal, nos dias de jogos, o Brasil para literalmente.



Patriotismo
E se nós fossemos assim, com a POLÍTICA, ou melhor, com os POLÍTICOS, onde todos juntos pudéssemos fazer um estudo, uma pesquisa, onde estudaríamos a cada um deles, o que faz, por onde passou, o que fez, que serviço prestou, e quais são suas atuações, o seu curriculo, enfim, se nós nos dedicássemos para escolher nossos políticos, com a mesma dedicação que escolhemos ou damos pitaco nos Jogadores da Seleção Brasileira.

Pois é, já passou da hora, de sermos mesmo PATRIOTAS de coração, de fazer valer o que esta escrito na bandeira ORDEM E PROGRESSO, duas palavras que com certeza, com a riqueza que o Brasil tem, com a garra e gualhardia deste povo, nossa terra seria melhor.

Veja nestas fotos, onde retrata sobre o patriotismo, ou nacionalismo na copa - : http://migre.me/RDnb

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Como andam os trabalhos do Circuíto Turístico Caminho das Águas e Nascentes na Região do Alto Tietê - Estância Hidromineral de Poá

Como andam os trabalhos do Circuíto Turístico Caminho das Águas e Nascentes na Região do Alto Tietê - Estância Hidromineral de Poá (SP) e Preparativos para a Copa de 2014 no que tange ao Turismo?




Caros Senhores

Francisco Pereira de Sousa

DD. Prefeito da Estância Hidromineral de Poá - SP


Fernando Miranda
DD. Coordenador do Grupo Gestor de Turismo Caminho das Águas e Nascentes
Diretor de Turismo da Estância Hidromineral de Poá - SP


Douglas Tadeu
DD. Responsável pelo Turismo no SEBRAE - Mogi das Cruzes - SP


Imprensa, Colegas e Amigos



Assunto:
Como andam os trabalhos do Circuito Turístico Caminho das Águas e Nascentes na Região do Alto Tietê - Estância Hidromineral de Poá (SP) e Preparativos para a Copa de 2014 no que tange ao Turismo?


O que esta sendo feito na cidade de Poá, como estância, e membra do Circuito?

Os projetos do Circuito Turístico Caminho das Águas e Nascentes que foram estudados e projetados com o SEBRAE, estão dentro do cronograma? O que já foi feito, e o que precisa terminar?

Já foi feito o inventário de Poá?

Já foi feito o inventário do Circuito?

Como esta a integração Turismo e Cultura na cidade e Circuito? Qual o papel e tipo de politica de integração com os artistas da cidade de Poá e do Circuito por um todo?

Turismo é passeio de trenzinho em alguns pontos turísticos no aniversário da cidade e uma outra festa?

O que esta sendo feito com os estudantes e cidadãos do amanhã, no quesito Turismo?

Esta havendo políticas públicas de sustentabilidade tanto na cidade de Poá, quanto na região toda do Circuito?

O que Guarulhos tem contribuído, qual o seu papel e qual contrapartida que o Circuito e cidade de Poá terá?

Como esta o andamento do Disque 100 Turismo Sustentável, considerando que a cidade de Poá foi a primeira a trazer o Selo e propagar o Disque 100?

Como ficou as ações de trabalhos da Capital Expandida, onde tanto Poá como todo o Circuito participaram efetivamente de várias discuções?

As verbas conseguidas através do Ministério do Turismo, como estão sendo usadas na cidade de Poá e no Circuito Turístico Caminho das Águas e Nascentes?

Qual a colaboração que das fontes na cidade de Poá e Orquidarios, tem dado no que tange ao cidadão do futuro, ou seja, tanto as crianças, jovens e adolescentes, como também na cidade por um todo no envolvimento de todos.

Como andam os trabalhos do Conselho Municipal de Turismo? Qual o contato deles, endereços de correspondência e e-mail? de cada membro e responsável? Que trabalho esta sendo desenvolvido, onde são feitas as reuniões, e porque não é divulgado para toda a sociedade e imprensa? Come era feito na gestão anterior, tanto na cidade, como na região? O que estas reuniões tem a esconder da sociedade? São reuniões secretas ou de interesse público?

Como e qual tem sido o papel de Comerciantes, Empresários, Profissionais Liberais e Artesões da cidade e região do Circuito?

O que o governo municipal, tem feito para a Associação de Artesões de Poá e ou Classe? Que tipo de política(s) pública tem sido desenvolvida(s)? E qual o comprometimento do SEBRAE de Mogi - SP com os artesões do Circuito, como de Poá?

Que tipo de política pública tem sido feita para os artesões do Circuito?

No Aguardo

Adilson Santos



Observação: Quando me refiro a Circuito, quero dizer " CIRCUITO TURÍSTICO CAMINHO DAS ÁGUAS E NASCENTES"

Esta sendo enviado cópia a cada vereador da cidade de Poá, o qual tem a função de fiscalizar o Poder Executivo - a Imprensa e Ministério Público para ciência e Carta Aberta a População
.


Este e-mail encaminhei para os seguintes endereços de e-mail:


para prefeito@poa.sp.gov.br,
testinha@poa.sp.gov.br,
contato@testinha.com.br,
testinha@testinha.com.br,
turismo@poa.sp.gov.br,
fernando.miranda@poa.sp.gov.br
cc "Silvio Carvalho \"*.*Silvio Carvalho\"" ,
", \"Jorge Teixeira da Costa\" , \"Fale com o Estado Jornal O Estado de São Paulo\" , \"Jornal Novo São Paulo Aéssio Ramos Pinto\" , , \"Bras Santos - jornalista\" , \"Rádio Veran\" , \"Rádio Veran\" , \"- Radio Web Natal -\" , \"Folha Metropolitana\" , , , , \"Aline Delmanto - SP Turismo\" , \"Fabio Aguiar Menezes - Secretário de Turismo\" , \"Flávio Willame Braúna - Ministério d" ,
lauriston@camarapoa.sp.gov.br,
tonho@camarapoa.sp.gov.br,
marquinhosindaia@camarapoa.sp.gov.br,
mariosumire@camarapoa.sp.gov.br,
imprensa@camarapoa.sp.gov.br

Foi enviado para todos os vereadores da cidade, porém, de alguns voltaram.


--
Adilson Santos - fotógrafo
Telefone 11 2854-9643 / 9387-9978
e-mail: fotocomadilson@gmail.com
http://adilsonsantosfotografo.blogspot.com/
http://twitter.com/adilsonsantosft
www.anguloproducoes.com.br
Caixa Postal 33 - CEP 08550-970 - Poá - SP - Brasil

terça-feira, 8 de junho de 2010

Candidatos com mais recursos em campanha vence eleição mais facilmente, dizem cientistas políticas

Vários colega, conhecidos, amigos e até familiares me perguntam o motivo pelo qual nao saio candidato, haja vista eu gostar de política. Sempre digo que temos um grande número de eleitores que são corruptos passivos. E a matéria abaixo, onde uma cientista política diz que quem tem mais grana, é que leva o pleito e tem mais chance de ganhar. Leia for favor.

Elaine Patricia Cruz
Repórter da Agência Brasil


São Paulo - Quem tem capacidade de mobilizar mais recursos tem muito mais peso no resultado eleitoral. A frase foi dita pela cientista política Helcimara Telles, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em uma entrevista por telefone à Agência Brasil.

Segundo ela, por definição o financiamento político gera um problema, pois o dinheiro é um representante da desigualdade e a política deveria ser entendida como um espaço para todos.

Para a cientista política Maria do Socorro Sousa Braga, da Universidade Federal de São Carlos (SP), não existe nenhum dispositivo que venha minorar essa relação entre dinheiro e maior sucesso eleitoral. Ela afirmou que os trabalhos vêm demonstrando que quanto maior é a quantia que vem financiar uma campanha eleitoral, mais chances há de vencer a eleição. “O sucesso eleitoral é muito relacionado à quantia recebida”.

Segundo a base de dados disponibilizada pelo site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na última eleição presidencial, em 2006, o candidato reeleito pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva, recebeu R$ 81.188.298,01. As receitas do candidato que disputou o segundo turno com Lula, Geraldo Alckmin, do PSDB, foram de R$ 79.206.150,77.

Esse é o dinheiro que foi contabilizado e não está separado o que foi arrecadado no primeiro e no segundo turnos. Mas o candidato que obteve menos votos no primeiro turno da campanha presidencial, Luciano Bivar, do PSL, arrecadou R$ 214.062,50.

Na campanha para governador de São Paulo, o candidato José Serra, do PSDB, eleito no primeiro turno, arrecadou R$ 25.912.995,55. O segundo colocado na disputa, o candidato do PT Aloizio Mercadante, arrecadou R$ 11.660.783, 46. Em quarto, o candidato do PSOL Plínio de Arruda Sampaio conseguiu arrecadar R$ 68.901,94.

Para Helcimara Telles, o problema é o quanto se gasta no Brasil com a campanha política, o que acaba tendo um valor bastante alto quando se pensa, por exemplo, que o dinheiro define, em alguma medida, o resultado de uma eleição.

“Tem alguns dados muito interessantes: 57% dos que são eleitos são os representantes que mais gastaram dinheiro com suas campanhas. Isso tem um custo alto para a democracia, porque desequilibra a competição eleitoral”.

A legislação eleitoral permite que as empresas façam doações para campanhas políticas no limite de até 2% do que faturou no ano anterior à eleição e que foi declarado à Receita Federal. O que ocorre é que uma doação de 2% de uma grande empresa “pode virar uma fortuna”, na opinião de Maria do Socorro.

Para ela, o perigo é se essa “fortuna” for usada como moeda de troca ou evidenciar uma relação muito forte entre o doador e quem for beneficiado em algum projeto futuro do governo.

“Aqueles que podem contribuir financeiramente podem acabar influenciando no resultado do processo e no resultado das futuras escolhas que serão feitas pelos próprios parlamentares. Quem doa pode exigir, a posteriori, algum tipo de patronagem ou voto. É o peso do mercado sobre a política”, diz Helcimara.

Para Maria do Socorro, pode ser prejudicial para a democracia que o poder econômico continue com tanta importância na definição do pleito.

“Tanto o PT quanto o PSDB recebem quantias próximas da maior parte desses grupos. Não é que o PT tenha mudado ou que outro partido mude, com uma ideia quase de compra, do tipo ‘você pode me dar mais ou doar mais e eu então mudo minha proposta política e vou lá defender os interesses desses grupos'”

Segundo a cientista política, dependendo de alguns partidos, é possível que isso aconteça, mas a ideia é que, quando alguém assume determinados postos de poder numa democracia, deve dar espaço para que os diferentes projetos e interesses sejam de alguma forma representados. “E é aí que o poder econômico pode ter mais poder decisório ou, pelo menos, de influência”.

E como diminuir o peso do financiamento privado nas eleições e nas definições políticas? Segundo Fabiano Angélico, coordenador de projetos do Transparência Brasil, uma forma seria estimular as doações de pessoas físicas, oferecendo benefícios como um abatimento no Imposto de Renda, por exemplo. Outra seria limitar ainda mais o teto para as grandes empresas, baixando as doações para 1% do faturamento.

“O que se precisa ter em mente é que proibir a iniciativa privada de tentar influenciar o jogo político é ilusão. Isso jamais vai acontecer. Se amanhã tiver uma lei proibindo doações de empresas, elas vão arrumar uma forma de se ‘achegar’ nos poderosos, com alguns favores. É melhor entender que a vida é assim e regulamentar isso, deixar tudo claro. E se tiver uma pisada na bola, deve [haver] uma sanção muito forte”.

Fonte: Agência Brasil