ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

ASSISTENCIALISMO PREDOMINA EM POÁ...

O assistencialismo predomina em Poá, prova disto foi na última eleição, a quantidade de pessoas que estavam paradas bem próximas aos colégios eleitorais. E uma mulher que me abordou a pouco.

Mas paradas fazendo o que no dia da eleição? Claro que era militância, e não era a política, mas sim a famosa politicagem, ou seja: boca de urna.

Mas porque estou comentando isto agora? Vamos ao fato, e irei compartilhar um pensamento que vou blogar, é algo que acabou de acontecer.

Me arrume R$ 10,00 para comprar um remédio
Vinha eu subindo a rua Tanque Verde na Vila Perracine, um dos bairros mais abandonados pelo Poder Público. Quando uma mulher me vendo me cumprimentou e disse:
Por favor, tem como você me arrumar R$ 10,00 para eu comprar um remédio, pois hoje estou muito mal, acredita que eu cai de duas lajes e estou com muita dor, e estou precisando desta ajuda.

Pensei rápido e disse: Poxa, não vou poder lhe ajudar. Até tinha o dinheiro, mas ajudar uma pessoa que muitos sabem que vive nos corredores da câmara municipal e ruas da cidade fazendo 'pedilança'.

Fiquei pensando: Gente, que cara de pau. Ou será que as lajes eram de borracha? Ou a história não procede?! Será mentira???


Esta assim a nossa sociedade Poaense
Antes de subir, conversava com o Ozias meu amigo profissional liberal, onde falávamos de como a sociedade poaense atual vem agindo, ou seja, a maioria da população, que não exerce cidadania de fato. Vivemos em um mundo cada vez mais individualista.

E o exemplo esta ai, onde uma boa parte da população, esta de olho nas eleições que acontecem este ano. Mas não de olho para poder fazer uma boa escola para eleger políticos preocupados com o coletivo e ou políticas pública. Estão é preocupados, de como arrumar uma grana e ou tirar uma benesse pessoal de algum candidato e ou amigo do candidato. Infelizmente, a grande maioria pensa assim.

Ou estou errado?

Me prove por favor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.