ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Câmara de Poá gastará R$ 320.000,00 com jornal de Mogi das Cruzes em despesas de Concurso Público

Adilson Santos
Ontem o diretor do Jornal News Time, informou na Comunidade POÁ COM ACENTO, que a cidade de Poá teria uma bomba. Ou seja, foi anunciado assim por Wesley Campos:

EXTRA - EXTRA - EXTRA  O Jornal News Time deverá apurar todo o fato acontecido desta BOMBA, que infelizmente atingiu TODOS NÓS!!! nossa jornalista entrará em ação AMANHÃ!!!

Muitos foram dormir pesando no que seria esta bomba. Mas logo cedo, Adilson Santos moderador da Comunidade POÁ COM ACENTO, recebeu imagem (acima), onde um também diretor de um jornal da cidade, disse que estava circulando esta imagem entre pessoas de mídias da cidade.

Ontem mesmo, uma hora antes da postagem de Wesley, Adilson Santos postou o seguinte título: Troféu Dolly para o vereador(a) legal - Onde muitos, para não dizer a maioria, não entendeu muito sobre do que se tratava. Mas o intuito, era chamar a atenção da sociedade, para os trabalhos dos vereadores na cidade de Poá, desde o presidente Mario Massayoshi Kawashima, o Mário Sumirê, tanto como os demais 14 vereadores e 2 vereadoras.

O contrato do jornal de Mogi das Cruzes
Após ver a imagem, Adilson Santos começou a apurar do que se tratava. Onde a publicação esta postada no Diário Oficial de São Paulo, com a data de 30 de setembro de 2015, e na página 253, tem três contratos, onde o maior, é o Contrato nº 014/15 e  Processo nº 022/15 - Contratante: Câmara Municipal de Poá - no valor de R$320.000,00 (Trezentos e Vinte Mil Reais) - Já a empresa contratada, é o Diário do Alto Tietê Empresa Jornalística e Editora Ltda - O motivo, ou seja, o Objeto: Contratação de empresa especializada, visando os serviços de publicação em jornal diário de grande circulação no município de Poá e região, página interna, exclusivamente de atos referentes ao Concurso Público a ser realizado pela Câmara
Municipal de Poá.
Data da Assinatura: 16/09/2015
Presidente: Mario Massayoshi Kawashima

Como pode, um jornal que não esta na sediado nem em Poá, muito menos em Suzano, mas na terra do caqui, ou seja, em Mogi, como disse uma fonte nossa. Um jornal tão manjado, que só a classe política sabe como é que trabalha.

Já os pequenos empresários dos jornais da Poá, ficaram todos bravos com o presidente Mário Sumirê, que convidou um a um para tomar café com ele, falou, prometeu, disse que seria amigo dos jornais, que ajudaria a todos, que tem que valorizar as empresas de Poá, as mídias da cidade, que estão sempre prestigiando os trabalhos da câmara e das sessões, e que ele é amigo de todos, de todos os profissionais de imprensa, dos proprietários dos pequenos jornais, mas quanto os proprietários de jornais ficaram sabendo disto, todos começaram a ligar e procurar o presidente da casa de leis poaense, querendo entender o que houve.

Segundo ainda Sumirê, este jornal é diário, e tem que ser de grande circulação, segundo exigências da Vunesp. E outra coisa Adilson, disparou Mário, eu tenho que me ajustar ao termo do T.A.C. (Termo de Ajustamento de Conduta) que fiz com o Ministério Público.

Acontece presidente, que este jornal, não é distribuído na cidade de forma gratuita, ele não é de grande circulação como o nobre presidente disse, e quem o recebe na cidade, é por assinatura em grande maioria de seus leitores, ou seja, os jornais semanais e quinzenais da cidade, tem muito mais alcance na população da cidade, do que este  jornal diário de Mogi.

Segundo ainda o presidente, houve pregão. Mas foi pregão, ou parafusão, que nem todos vereadores sabiam, muito menos os donos de mídias de Poá? Estranho né!

Ou será mais uma ação do funcionário da câmara o advogado Adalberto Comitre que coordena esta ações na casa de leis poaense?


Ato foi decisão da presidência, e nem todos vereadores sabiam
Hoje, durante o dia, alguns vereadores foram procurados, mas nem todos sabiam, ao menos a declaração ouvida por alguns edis. Onde uma das declaração foi de que este ato, é um ato do presidente da casa de leis poaense tomar, ele não precisa consultar todos os vereadores, afinal, ele é o presidente e fala por todos, declarou o edil.

Versão de Mário Sumirê é: Entre com o requerimento
Logo pela manhã, Adilson Santos entrou em contato com o presidente da Câmara de Poá Mário Sumirê, às 9h38h. o qual segundo ele, estava em reunião da Condemat na cidade de Salesópolis, mas neste mesmo momento, já recebeu a informação, ou seja, a foto acima, onde  perguntei, qual era o motivo desta contratação e o porque do valor.

Mário ligou em seguida, dizendo que estava em reunião, e assim que terminasse na hora do almoço, iria me retornar a ligação. Ligou por volta do meio dia, onde novamente perguntei, os motivos, ele disse ser uma exigência da Vunesp, que iria fazer o concurso da Câmara de Poá, mas que era para eu passar na câmara 14h, que ele explicaria tudo. Informei que poderia me enviar as explicações via e-mail.

Por volta de 14h20 , como não havia chego a informação por e-mail, liguei na câmara, onde atendido pela diretora, informou que o presidente estava em reunião com uma vereadora. Deixei o meu número para ele retornar a ligação, o que não fez, ou seja, não ligou.

Ás 16h45 liguei novamente, onde falei com sua assessoria que informou que o presidente estava em reunião, e que ele havia dito, que era para eu descer para falar com ele. Informei que não marquei reunião, e que estava aguardando a resposta e explicações, via e-mail.

Era quase 18h, Sumirê ligou, chamando de amigo, agradeci, mas solicitei a resposta. Já o presidente, insistia para que eu descesse até a câmara para conversar com ele. Informei que estava com compromissos, e só queria as informações, que já havíamos conversado desde o período da manhã. Ele disse que não iria enviar nada, e se eu quisesse, era para entrar com um requerimento na câmara, onde mudou toda sua versão, como havia prometido e tratado de manhã.

Ou seja, se o cidadão quiser mais informações, é assim que o presidente da Câmara de Poá Mario Massayoshi Kawashima, o Mário Sumirê trata quem ele diz ser amigo. Agora se ele não fosse amigo, e não respeitasse o trabalho como ele sempre declara.

Concursos Público e terceirização é maquina de ganhar dinheiro
Já não é de hoje, que o cidadão desempregado, ou outras pessoas, já não comentaram isto, na roda de amigos, no bate papo do boteco, onde sempre quando surge a conversa de que haverá concurso público, que isto não passa de um jeito de ganhar dinheiro, do povo que além de já sobre com os precários serviços público, na busca de um emprego fixo, pois quando abre um concurso, a quantidade de inscrições com pagamentos das taxas, é um absurdo, ou seja, é uma verdadeira máquina de arrecadar dinheiro, das pessoas que querem ter uma vida melhor, uma vida digna, um emprego. E neste afã, a pessoa com o pouco dinheiro que tem, arrisca nesta loteria de concursos, ou então, a família e amigos, para poder de uma forma ajudar, paga a taxa do concurso, para que a pessoa amiga ou familiar, tente a sorte, nesta máquina que esta mais para jogo de azar, do que se sorte. Pois a quantidade de inscrições, são astronômicas, como o concurso que aconteceu neste final de semana na cidade de Poá, para diversos cargos na prefeitura da cidade.

 Na página do Diário Oficial, existem mais dois contratos - veja:
Contrato nº 012/15 - Processo nº 019/15
Contratante: Câmara Municipal de Poá
Contratada: Murc Editora Gráfica Lda-EPP
Objeto: Contratação de empresa especializada, visando os
serviços de confecção de material gráfico, para uso da Câmara
Municipal de Poá.
Valor do Contrato: R$77.100,00.
Data da Assinatura: 02/09/2015
Presidente: Mario Massayoshi Kawashima

Será que na cidade de Poá não tem gráficas ou empresas que poder oferecer este tipo de serviço ? Claro que tem. Mas veja, que a empresa também é de Mogi das Cruzes, como mostra o seu site: http://www.murc.com.br/

Contrato nº 013/15 - Processo nº 021/15
Contratante: Câmara Municipal de Poá
Contratada: Net Sun Tecnologia e Serviços Ltda-ME
Objeto: Contratação de empresa especializada, visando o
fornecimento, instalação, configuração e outros serviços e toda
a infraestrutura necessária para a implantação de rede Wi-Fi nas
dependências da Câmara Municipal de Poá.
Valor do Contrato: R$45.112,00.
Data da Assinatura: 14/09/2015
Presidente: Mario Massayoshi Kawashima

Esta empresa, a Net Sun, http://www.netsuntecnologia.com.br/ também fica em Mogi das Cruzes, berço da colonia japonesa da região.

Com a palavra vereadores e presidente
Aguardamos assim como a sociedade, o manifesto do presidente da casa de leis, e demais vereadores, para explicarem o motivo, afinal, o dinheiro é público.

Para acessar a página do Diário Oficial com a publicação, click aqui: http://migre.me/rO9Se


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.