ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Marinho do Jornal Notícias de Poá, agiu como corregedor da Câmara de Vereadores


Na 30ª Sessão Ordinária que aconteceu no dia 22 de setembro de 2009, às 19h na Câmara Municipal de Poá, o cidadão Marinho do Jornal, colunista do Jornal Notícias de Poá, não chegou no horário do regimental, mas mesmo assim, cobrou da mesa da Câmara, leia-se: Ricardo Massa presidente e Lauriston, primeiro secretário, o qual veio conversar com ele, perguntando o que ele estava reclamando, o qual disse, que tem que ser cumprido o Regimento Interno da Câmara, onde os visitantes no plenário, não pode se manifestar.

No dia, uma das pautas de votação, era o ITEM III - "ÚNICA DISCUSSÃO E PRIMEIRA VOTAÇÃO DO PROJETO DE LEI Nº 086/2009, de autoria do Executivo.
ASSUNTO: "ALTERA A LEI Nº 2.614/97, QUE DISPÕE SOBRE O CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO DE POÁ, NO QUE SE REFERE A INCLUSÃO DO EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE ÓPTICO OPTOMETRISTA E DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DA OPTOMETRIA"

Enquanto os vereadores usavam a tribuna e faziam seus pronunciamentos, o plenário, estava lotado, e com um grande número de optometristas e simpatizantes, os quais a cada elogio ou referência sobre o Projeto de Lei, levantavam faixas, e batiam palmas para os vereadores.

Marinho alegou já também em comentários, entre eles na sua coluna, que os vereadores, e mesa da câmara, quando são questionados pelo público, onde se manifestam chingando, gritando, ou outos manifestos negativos aos vereadores, a mesa informa que segundo regimento interno, o público não pode se manifestar.

Mas quando o público de manifesta com palmas, ou outros tipos de elogios, a mesa não informa que o público não pode se manifestar.

Marinho, autor da célebre frase: "Caboclo me da o meu!", foi la ontem bravo, cobrar da mesa da câmara, o qual segundo ele, é mais um dos seus atos de cidadia, e ser orgulha, de ter uma ficha de serviços prestados a sociedade poaensse e regional, pois já deixou não só políticos da Estância Hidromineral de Poá, com a pulga atrás da orelha, mas já deixou alguns ai com olhar meio torto para o Marinho do Jornal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.