ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Caminhando, caminhando... em busca de um mundo melhor

Esta semana, conversando com uma pessoa amiga na cidade de Poá, o qual me disse que algumas coisas que penso ou cobro, principalmente sobre a política, eu devia pegar mais leve, afinal, isto faz com que as pessoas não goste muito da gente né, concluiu o amigo.

Não foi a primeira vez que um amigo ou colega, veio conversar isto comigo. Mas por outro lado, tem outros também, que por vezes se sentem desrespeitada, desprotegida, e trás a mim a questão, sendo assim, não é a toa que um dos artigos meus mais lido aqui, fala sobra a cidade de Poá que são:

Poá, uma cidade sem lixeira
* Poá uma cidade com baixa acessibilidade, faltam políticas públicas e conscientização geral

Outros já falam que pego muito no pé do prefeito da cidade Testinha (Francisco Pereira de Sousa), e que este blog, esta a serviço do vereador Júnior da Locadora (Fernando Rodriguez Molina). Ou que cobro do prefeito, por não ter emprego na prefeitura. Ledo engano.

Faço isto e cobro, como cidadão, sendo ele o prefeito da cidade, que tem uma arrecadação record, sendo quase um milhão de reais por dia, para administrar uma cidade com 17 quilômetros quadrados. E o trabalho que ele vem fazendo para a cidade, não faz mas do que obrigação, afinal, é um funcionário público bem pago para trabalhar em prol do povo.

Como cidadão, quero contribuir para um mundo melhor, e quem é meu amigo, sabe de fato o quanto gosto de praticar cidadania, sendo assim, sempre tive e estou aberto ao diálogos, e conselho, principalmente de colegas e amigos. Afinal, não sou dono da verdade.

Nesta minha busca constante de conhecimento e aprendizado, para uma vida melhor, as vezes errando, mas tentando aprender sempre, achei um vídeo do então presidente do Banco Santander Fábio Barbosa, onde em toda sua fala, me chama atenção em suas palavras que diz: 

Eu costumo dizer que a diferença faz a diferença, não tem nada melhor do que você ter um problema sendo visto por pessoas com pontos de vista diferentes que permitem a você ter a melhor visão daquilo. Mas o que eu descobri, é que o maior problema que eu tinha na questão de diferenças, na questão de diversidade, não é questão racial, não é questão de de condição física, de orientação sexual, é a questão do pensamento, como as pessoas são pouco tolerantes com alguém que não pense como ela, e como são inteligente as pessoas que pensam como nós pensamos, isto é uma coisa impressionante. (risos)

Sendo assim, posto o vídeo para que quem quiser, e gostando ou não de mim assista. Ninguém é obrigado a gostar de mim, mas respeitar sim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.