ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Mulher não é produto, mercadoria ou propriedade de ninguém


Não acredito, que ainda nos dias de hoje, em pleno Brasil, tem mulheres que por diversas circunstâncias, são manipuladas, usadas, como mera mercadoria ou objeto, e ainda são propriedades de algum homem medíocre, ou imbecil.

A cada dia cresce o número de violência contra mulher, não sei se por antes o assunto ser abafado, ou por hoje ter mais políticas pública de proteção a ela(s). E mostrando que sou macho mesmo, quero poder ajudar, divulgando e difundindo os direitos delas.

Desde que trabalhei na Secretaria da Mulher, pude acordar para este submundo, onde alguns canalhas, pra mostrarem que são machos, maltratam suas mulheres, companheiras, esposas, namoradas ou ex.

Muitas, não conhecem ou sabem do seu(s) direito(s), e olha que elas tem muito mais do que nós homem. "Ai se eu fosse mulher e algum homem tentasse fazer algo comigo" rssssssss.

Mas o assunto é mais sério do que se possa imaginar, e muitas delas, não conhecem seus direitos, e muitas nem imaginam, que tem a seu favor, grandes armas, que são verdadeiras couraças de proteção.

Vez outra, ficamos sabendo na mídia, no bairro, ou por ai, de mulheres que sofreram violência psicológica, física, patrimonial, moral e sexual. E como cidadão, quero poder ajudar com informação, onde esta postagem, esporo poder ajudar uma pessoa que esta precisando muito.

Sendo assim, publico alguns links, onde poder ser difundidos, para que não só ela, como todas as mulheres, sejam respeitadas em sua feminilidade, onde sempre costumo dizer, que elas tem uma arma superpoderosa, onde quando querem, falam com jeitinho, fazendo biquinho, onde com seu carinho, faz qualquer homem se curvar, até o mais bruto, ou forte como foi Sansão que dormiu.


Se você está vivendo uma situação de violência, DISQUE 180 e fale com a Central de Atendimento à Mulher. Você pode ligar de qualquer lugar do Brasil. A ligação é gratuita.


Veja os links que podem lhe ajudar:


Guia dos Direitos da Mulher no Brasil - CFEMEA - Centro Feministra de Estudos e Assessoria




Cartilha Direitos da Mulher - Prevenção à violência

União Brasileira de Mulheres - http://www.ubmulheres.org.br/

ONU - Women Watch - http://www.un.org/womenwatch/











Um comentário:

  1. Uma postagem digna de compartilhar parabéns Adilson, Como seria bom se existissem mais homens com a sua visão!!!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.