ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Testinha assinará Ordem de Serviço de Escola semana que vem, segundo ele será para a Vila Perracine

Rua Senador Teotônio Vilela no Jardim Áurea, terreno onde
havia nascentes e o prefeito Testinha quer construir a escola
A Vila Perracine, assim que a cidade foi emancipada nos anos 50, era um bairro com pouquíssimas casas, tendo chácaras, com diversas plantações, e cria de animais. Já nos anos 60, o bairro começou a ser loteado, mas ainda ficou algumas chácaras, mas as casas começavam a surgir.

Já nos anos 70, o bairro cresceu ganhou sua primeira linha de ônibus, e teve sua primeira escola, ou escolinha,  que era localizado no começo da rua Clemente Cunha Ferreira, na altura do número 100. Nos 80 chegaram a dizer que a Nestle ocuparia a área do Macro Camping, e que o time de futebol 7 de setembro não jogaria mais bola em seu campo. Mas veio os anos 90, 2000, onde o bairro ganhou conjuntos de prédios entre as ruas Clemente Cunha Ferreira, e até nasceu a Eduardo dos Santos, onde também foi uma chácara. Mas pasmém, estes prédios, onde não tem um emissário para captação de esgoto, o mesmo segundo alguns moradores do bairro, é descartado em fossas, e na madrugada, jogado no córrego tanquinho. Caso que precisa ser melhor apurado.
Vista superior do terreno na rua Senador Teotônio Vilela, quando a prefeitura
fez sua primeira reunião, onde informou que moradores teriam que
 deixar suas casas por ordem da justiça

Perracine, bairro sem escolas adequadas, e falta de creche
Nos anos 70, a prefeitura construiu sua prédio escolar no bairro, onde cedeu ao SESI, que atendia todas as crianças do bairro e também o seu objetivo onde os pais que trabalhavam na industria, tinham vagas garantida na escola. O prédio da escolinha ficou la, onde quando foi construída algumas salas de aula complementares no SESI, chegou a ser usado para agregar alguns alunos por um período provisório.

Hoje, o SESI que é uma escola particular, mas usa o prédio da prefeitura, não atende toda a demanda do bairro. Já a prefeitura, tem 3 escolas, as quais juntando todas, não dá uma boa para atender a real demanda do bairro, que são:
  • EMEB Antonia Mello Regianni - Rua Clemente Cunha Ferreira s/n – esquina com a Rua Gaira 333 – Vila Perracine – Poá – SP
  • EMEB Antonia Rodrigues Salmeron - Rua Visconde do Rio Branco, 55
  • EMEB - Antonieta Maria Fonseca - Rua Maria Eugênia Aguilar, 180 – Vila Perracine – Poá - SP
Bem, como ja dito, as escolas tem um espaço adequado para as crianças, pois nenhuma delas tem local adequado para a prática esportiva e ou outros tipos de práticas pedagógicas, a não ser as apertadas salas de aulas.

Escola na Perracine, Vila Áurea ou Vila Júlia?
No ano passado, a população da Vila Áurea e Perracine, puderam sentir na pele o descaso da Prefeitura de Poá,  pois diversas familias, entraram em desespero, quando a Justiça deu 120 dias, para o povo abandonar suas casas, tudo por incompetência da prefeitura.

Agora, o prefeito Francisco Pereira de Sousa, o Testinha, sem ouvir a comunidade da Vila Perracine, onde anunciou desde o dia 21 de março deste ano, que irá construir 4 escolas em Poá, sendo uma delas, será na rua Senador Teotônio Vilela, como publicado no site da prefeitura.

O local onde será construida a escola, segundo moradores do bairro, existia nascentes no local, as quais foram aterradas, e no terredo passa redes de esgoto. Mas a construção desta unidade escolar,

Vamos  ver o que diz o ECA a Lei nº 8.069/1990 - Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências.

Capítulo IV

Do Direito à Educação, à Cultura, ao Esporte e ao Lazer

Art. 53. A criança e o adolescente têm direito à educação, visando ao pleno desenvolvimento de sua pessoa, preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho, assegurando-se-lhes:

V - acesso à escola pública e gratuita próxima de sua residência.

Quando a lei diz próxima de suas residência, se entende que é perto, ou seja, no quarteirão ou bairro, e não em outro bairro como o prefeito quer construir. Sendo assim, perto não é no outro bairro, ou bairro vizinho. A Vila Perracine, continuará sem escola, pois o prefeito irá construir na Vila Áurea.


Secretário de Educação de Poá não atende telefone
Secretário de Educação Carlos Humberto Martins Duarte
Desde ontem, onde liguei às 15h14 para poder falar com o secretário de educação de Poá, deixei recados e ele não retornou, liguei hoje de novo às 14h03, mas também não estava, e deixei recados novamente, pois precisamos esclarecer as seguintes dúvidas:

Por favor, na semana que vem (dia 20/07/214), o prefeito de Poá Francisco Pereira de Sousa, irá assinar a Ordem de Serviços da Construção de uma nova unidade escolar segundo ele para atende a demana da Vila Perracine, onde temos 3 escolas, onde não consegue atender de forma satisfatória e com qualidade, seus alunos e a demanda da comunidade – São as escolas:
EMEB Antonia Mello Regianni - EMEB Antonia Rodrigues Salmeron - EMEB - Antonieta Maria Fonseca.

Esta escola, onde o prefeito anunciou desde o dia 21 de março, conforme já divulgado no site da prefietura – veja - http://www.prefeituradepoa.sp.gov.br/novo/?p=3943

Qual a quantidade de alunos que temos na Vila Perracine, a secretaria tem estes dados, idade e ano escolar?

Existe fila de espera de vagas no bairro? Quantas são se houver?

Quantas crianças existem no bairro, que precisam de vagas de creche?

Desde já aguardo vossa prestigiosa atenção, e aguardo a resposta

Rotorno da ligação

Ás 15h11 recebi a ligação do professor Humberto Martins, onde foi cobrada as demandas acima, que foram enviadas ao seu e-mail institucional,  onde segundo o secretário, disse que que não havia recebido. Ou seja, o site da prefeitura de Poá divulga um e-mail, o qual não funciona.

Quando perguntado se a escola atenderia as demandas do bairro, e se a comunidade foi consultada, o sercrétário da pasta começou a mencionar outros prefeitos, onde segundo ele não constriu escolas adequadas, mas o prefeito Testinha é quem esta construindo, desconversou, mudou de assunto dizendo que estava fazendo analogias de pensamentos filosóficos, mas não soube respondu as perguntas acima, onde disse que a pasta sabe quais são as reais necessidades no quesito educação no bairro da Vila Perracine.

Perguntando se o local que será construída a escola, atende as demandas da lei, alegou que as crianças não precisará andar e quilômetros para estudar. Disse que as escola da cidade, estão dentro do Plano Nacional de Educação, e concluiu dizendo que o povo do bairro irá gostar da escola.

Claro que Adilson Santos não é um profissional da área de educação, e nem tem conhecimento profundo das leis, entre elas a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, mas a Lei nº 11.700/2008, é clara quando dize:  Acrescenta inciso X ao caput do art. 4o da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, para assegurar vaga na escola pública de educação infantil ou de ensino fundamental mais próxima de sua residência a toda criança a partir dos 4 (quatro) anos de idade.

Na visão de Humberto, o próximo é a menos de 3 quilômetros, já deste cidadão e do Conselheiro Tutelar consultado, é de que seja no quarteirão, e na vila que a criança mora, e não no bairro vizinho.

Mas vamos procurar agora autoridades do Ministério da Educação e Ministério Público, para ver como avalia esta situação. Pois Adilson Santos, não é contra a construção da escola na Vila Áurea, mas também de uma unidade na Vila Perracine, como também de uma crechê para o bairro.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.