ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

sábado, 18 de julho de 2009

Turismo em Poá - De Poá e Para Poá

Esta é a política de Desenvolvimento Turístico em Poá



Escrito por Bene Amaral
Sáb, 11 de Julho de 2009 16:26
O prefeito de Poá, Francisco Pereira de Souza (PDT), o Testinha, foi autuado na madrugada de ontem por crime ambiental. Ele e outras 20 pessoas de Poá, Suzano, Ferraz e São Paulo praticavam pesca ilegal em uma área de preservação ambiental chamada Estação Ecológica (Esec) Tupinambás, que faz parte do grupo de Unidades de Conservação e Proteção Integral, em São Sebastião.

O prefeito estava em uma das três embarcações que partiram de Bertioga e Guarujá, e foram apreendidas durante uma fiscalização realizada pela Esec Tupinambás e a Polícia Federal. Além de multas aplicadas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) que variaram de R$ 700 a R$ 10 mil, os proprietários responderão por crime ambiental, ficarão sujeitos à detenção de um a três anos, além de penas alternativas que incluem a doação de equipamentos à Esec. (D.B.)

Última atualização em Sáb, 11 de Julho de 2009 16:30

Fonte: Jornal Cidade Agora
Link: http://www.jornalcidadeagora.com/index.php?option=com_content&view=article&id=122:testinha-multado-por-pesca-irregular-






Prefeito se envolve em crime ambiental durante pescaria

O prefeito Testinha foi alvo de uma fiscalização ambiental de um ógão do Ibama em São Sebastião, litoral norte, na madrugada do dia 10 de junho.

Os barcos apreendidos eram de Bertioga e Guarujá, e levavam turistas de São Paulo, Poá, Suzano, Ferraz de Vasconcelos e Mauá para pescar em uma área considerada de preservação ambiental. Uma fiscalização conjunta, realizada na madrugada de sexta-feira (10) por equipes da Esec (Estação Ecológica) Tupinambás e Polícia Federal, flagrou três embarcações dentro da área da UC (Unidade de Conservação), em São Sebastião.

A fiscalização teve início às 23h desta quinta-feira (09), e os trabalhos se estenderam por toda sexta-feira (10). Vinte pessoas foram autuadas e enquadradas na lei de crimes ambientais, entre elas, o prefeito de Poá. Vários apetrechos de pesca também foram apreendidos, assim como grande quantidade de peixes, que foram doados para instituições de São Sebastião.
Além de multas aplicadas pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) os proprietários responderão a processo por crime ambiental, ficam sujeitos à detenção de um a três anos, além de penas alternativas que incluem a doação de equipamentos à ESEC.

O prefeito não revelou quanto foi sua multa mas garantiu que vai recorrer judicialmente.
A assessoria de imprensa da prefeitura encaminhou uma nota aos jornais nos seguintes termos: “O prefeito Francisco Pereira de Sousa, o Testinha, afirmou que, na verdade, o que houve foi um mal entendido.

Ele ressalta que no referido dia ele não estava pescando e que apenas alugou um barco para um passeio turístico. Sobre a acusação, ele afirma que não sabia que o local se tratava de uma área de preservação”.

Fonte: Jornal Notícias de Poá
Link: http://www.noticiasdepoa.com.br/modules/news/article.php?storyid=2289






Testinha multado por pesca irregular

O prefeito de Poá, Francisco Pereira de Souza (PDT), o Testinha, foi autuado na madrugada de ontem por crime ambiental. Ele e outras 20 pessoas de Poá, Suzano, Ferraz e São Paulo praticavam pesca ilegal em uma área de preservação ambiental chamada Estação Ecológica (Esec) Tupinambás, que faz parte do grupo de Unidades de Conservação e Proteção Integral, em São Sebastião.

O prefeito estava em uma das três embarcações que partiram de Bertioga e Guarujá, e foram apreendidas durante uma fiscalização realizada pela Esec Tupinambás e a Polícia Federal. Além de multas aplicadas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) que variaram de R$ 700 a R$ 10 mil, os proprietários responderão por crime ambiental, ficarão sujeitos à detenção de um a três anos, além de penas alternativas que incluem a doação de equipamentos à Esec. (D.B.)


Fonte: Diário do Alto Tiete
Link: http://www.diariodoaltotiete.com.br/materia.aspx?id=19943




Duas embarcações são apreendidas durante pesca ilegal em São Sebastião
Os barcos eram de Bertioga e Guarujá, e levavam turistas para área de preservação

Credito: Thayná Mello Uma fiscalização conjunta, realizada na madrugada desta sexta (10) por equipes da Esec (Estação Ecológica) Tupinambás e Polícia Federal, flagrou três embarcações dentro da área da UC (Unidade de Conservação), em São Sebastião. Os barcos eram de Bertioga e Guarujá e levavam turistas de São Paulo, Poá, Suzano, Ferraz de Vasconcelos e Mauá para pescar.

A apreensão ocorreu porque as embarcações pescavam dentro da Estação Ecológica Tupinambás, que faz parte do grupo de Unidades de Conservação e Proteção Integral. A estação engloba quatro ilhas, entre elas Palmas e Cabras, em Ubatuba, além de vários parceis, e também quatro ilhas e parceis do arquipélago de Alcatrazes, em São Sebastião. A área protegida abrange dez quilômetros ao redor de cada ilha e parcel.

Roberto Reis, responsável pela Fiscalização da Esec Tupinambás, conta que há cerca de dois meses a UC vinha realizando trabalhos de inteligência para identificar quem promovia estas atividades.

Credito: Thayná Mello A fiscalização teve início às 23h desta quinta-feira (09), e os trabalhos se estenderam por toda sexta-feira (10). Vinte pessoas foram autuadas e enquadradas na lei de crimes ambientais, entre elas, o prefeito de Poá, Francisco Pereira de Souza. Vários apetrechos de pesca também foram apreendidos, assim como grande quantidade de peixes, que foram doados para instituições de São Sebastião.

Além de multas aplicadas pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) que variaram de R$ 700 a R$ 10 mil - os proprietários responderão a processo por crime ambiental, ficam sujeitos à detenção de um a três anos, além de penas alternativas que incluem a doação de equipamentos à ESEC.

Fonte: http://www.vnews.com.br/noticia.php?id=53062




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.