ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

domingo, 31 de outubro de 2010

Natureza humana

Tenho observado nestes dias, o quanto o ser humano tem perdido o seu humanismo, seu companheirismo, bem que estas divergências, vem desde a fundação do mundo, onde Caim assassinou seu irmão Abel. Ou seja, os dois apresentaram seu sacrifício a Deus, porém um foi feito com o coração, teve a melhor qualidade, e claro, foi aceito por Deus, já o outro, de qualidade inferior, não aceito por Deus, onde a inveja levou ao assassinato do seu semelhante.

O jogador Edmundo com o seu jeito de ser, era chamado de animal, virou até jargão. Hoje, alguns seres humanos, tem agidos como verdadeiros animais, no transito, no futebol, na política, em suma, no dia a dia, não tem sido humano, não tem agido com humanismo, onde o ser humano com sua inteligência (para quem gosta de usar e se exercitar) valorizam suas ações, educação que recebeu de seus pais, com os valores morais que são: respeito, educação, justiça, honra, amor, solidariedade, entre outros diversos.

Uma das formas do aprendizado do amor, claro que é a religião, pois ela em sua maioria, ensina o amor ao próximo, onde com seus ensinamentos, ensina e acolhe ao próximo, sendo sempre um braço ajudador em vários sentidos.

Digo isto, pela conhecimento que tenho, da religião cristã, seja ela católica ou evangélica, que tem suas ações focadas no ser humano, onde com suas pastorais e ministérios, que vão desde a carcerária até as casas de recuperação de dependentes químicos, onde faz investimentos, principalmente por tempo, onde muitos são voluntários, para que haja ressocialização do ser humano.


Falta de capital humano

Nesta minha linha de observação, que alguns humanos, tem agido mais com natureza animal do que a humana, vejo que mesmo que a pessoa onde alguns até estudaram direito, mas não o faz. Por vezes até engenheiro, mas falta-lhe mais do que planejamento entre outros cálculos, mas o pior, é a falta do capital humano.

Claro que a religião ajuda a melhorar o capital humano de cada um, isto esta mais do que provado, inclusive pela ciência atual, a qual reconhece.

O próprio Jesus, alertavam os fariseus, que estavam preocupados com seus dinheiros e poder. Conversava com os excluídos da sociedade, foi ao encontro da adultera que ia ser apedrejada, e mais a frente no novo testamento, temos a escola – e que bela escola, do apóstolo Paulo, homem que revolucionou o evangelho, colocando em prática, vivendo por ele e nEle.

Em suma, a vida é uma verdadeira escola, onde sempre estamos rodeados de pessoas com boas experiências de vida, que sendo do bem, sempre querem compartilhar conhecimento.

Já quem gosta de acusar, nada mais é do que discípulo do acusador.

2 comentários:

  1. É muito bom quando colocados essas noticias, pois é a realidade!

    ResponderExcluir
  2. É muito bom colocar essas
    notícias, pois é a realidade de Poá!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.