ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Testinha, um prefeito que tem o pensamento político lento, quando o assunto é políticas pública para a mulher

O prefeito de Poá Francisco Pereira de Souza, o Testinha, mostrou mais uma vez o seu despreparo na condução da coisa pública, onde disse no jornal Diário do Alto Tietê edição 1604, que o Centro de Atenção à Saúde da Mulher, precisa de um prazo de 5 meses para definir se vai ou não ser instalado.


Ou seja, ele já é prefeito a mais de 30 meses e ainda precisa estudar sobre o assunto, ou seja, no meu entendimento, um bom gestor público, antes do pleito, ou seja, na corrida eleitoral, principalmente no executivo, já tem conhecimento do que a cidade precisa (ou deveria ter), e de que tipos de políticas pública, o mandato dele poderá oferecer.


Então pergunto: Que bicho mordeu o prefeito Testinha para que ele desse tal declaração, ou pense e trabalhe neste lentidão?


Do outro lado, tem a Secretaria de Mulher, que também não mostrou ainda qual o seu papel, onde somente faz alguns eventos.

Porque será que as mulheres são tratadas deste jeito em Poá? Afinal, elas também pagam seus impostos.



Leia abaixo a matéria onde o prefeito Testinha deu a declaração



Centro da Mulher está em discussão
Ariane Noronha
Da Redação
Jorge Moraes

Opinião: Testinha é favorável
Em cinco meses, a Prefeitura de Poá deverá definir se será ou não instalado o Centro de Atenção à Saúde da Mulher. O assunto está sendo analisado pela equipe técnica e também será levado em consideração opiniões de outras pessoas, como da comissão de vereadores, conforme informou o secretário de Saúde, Ali Sami El Kadri.
De acordo com ele, a prefeitura tem verba para a construção, mas, na opinião de El Kadri, o assunto precisa ser bem estudado e avaliado para ver se realmente há necessidade de instalação. "Na minha opinião, não se cria um centro de referência para tudo. Penso que uma unidade deve dar atendimento de qualidade a todos.", argumentou o secretário, ao completar que o prefeito Francisco Pereira Sousa (PDT), o Testinha, quer a instalação.


A favor
O vereador Lauriston Roberto Ferreira Barros (PV) voltou a apresentar pedido de esclarecimentos à prefeitura quanto ao projeto da criação do Centro da Mulher. A iniciativa surgiu após ter recebido uma resposta em que afirmava que a "centralização do serviço dificultaria o acesso e a priorização de ações de prevenção, promoção e recuperação da saúde das pessoas de forma integral e contínua". Para o vereador, de acordo com a resposta, a criação de um centro especializado não seria mais indicado. Lauriston entende que a instalação da unidade é necessária para se criar uma rede de saúde especializada ao público feminino. Procurada pela reportagem do Diário do Alto Tietê, a secretária municipal da Mulher, Simone Massa, avalia que a construção do Centro será muito importante para o município, mas que o setor da saúde do município não deixa a desejar.

Fonte: http://www.diariodoaltotiete.com.br/materias/?idmat=53090&idedito=51&ided=1249

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.