ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

terça-feira, 3 de abril de 2012

#CPTM - Descaso continua com usuários e #LixoDeServiçoCPTM também continua

A cada dia que passar, os milhares e milhares de passageiros que usam o trasporte público da CPTM "Companhia Paulista de Trens Metropolitano" que serve a cidade de São Paulo e cidades do seu entorno, estão tomando ciência de que os R$ 3,00 cobrados na passagem, não esta sendo revertido como qualidade de bons serviços. Onde cabe a pergunta: Para onde vai e para que serve este montante enorme de dinheiro???

O governador Geraldo Alckmin, finge que não é com ele, ou melhor, o PSDB sempre às vésperas de eleições, dizem que irão melhor o metro e trem, mas falta um planejamento estratégico sério, com políticas pública também séria. Ou cabe ao cidadão administrar o problema?

No Procon em São Paulo, nem adianta reclamar, pois o mesmo finge não ver as mazelas que órgãos do governo, que prestam serviços de baixa qualidade aos cidadãos.

Sendo assim, resta eu ser mais uma vez cidadão, e ser solidário com a Associação Amigos do Parque São Francisco, Jardim Figueiredo e Adjacências, onde juntamente com o blog Redação Realidade, assinar em baixo do manifesto que reproduzo aqui, com o texto do também cidadão Alex Capuano, onde mostra mais um descaso da #CPTM, empresa esta do Governo de São Paulo, o qual não prática com seus colaboradores, RESPONSABILIDADE SOCIAL, que pouca vergonha heim governador Geraldo.



As pessoas que utilizam diariamente a Linha 11 – Coral, da CPTM, em especial no trecho entre Guaianazes e Estudantes, lamentavelmente,  convivem  com a superlotação, com os atrasos e com os constantes problemas técnicos nos trens e nas linhas. Quem nunca falou ou ouviu alguém falar que o que “mata” não é o trabalho é a condução?


Na estação Antonio Gianetti Neto o descaso com a população de nossa comunidade verifica-se também no dia-a-dia de gestantes, pessoas com crianças de colo, portadores de necessidades especiais e idosos, obrigados a subir e descer as escadas, pois, inacreditavelmente, os elevadores da estação que deveriam atender não funcionam há mais de 5 meses.
Para piorar a situação, há mais de um mês parte de um corrimão está quebrado, dificultando ainda mais para as pessoas que necessitam de um apoio para subir e descer as escadas.
De acordo com funcionários da CPTM, os elevadores foram inativados por determinação do coordenador da estação, com a justificativa de que os mesmos apresentavam constantes problemas de manutenção.

A Associação Amigos do Parque São Francisco, Jardim Figueiredo e Adjacências fez diversas reclamações na própria estação e nos dias 16 de janeiro e 9 de fevereiro encaminhamos ofícios para o Gerente de Operação das Estações, Antonio Keiti Hayama e, embora não tenhamos obtido respostas, funcionários da estação nos informaram que os ofícios tiveram repercussão e que a empresa responsável pela manutenção dos elevadores já esteve no local  realizando um levantamento daquilo que será necessário para que os elevadores voltem a funcionar.

Estamos atentos e tomaremos todas as medidas necessárias, encaminharemos a questão para a direção da CPTM e, em última instância nos mobilizaremos e realizaremos protestos públicos para que isso seja solucionado o mais brevemente possível, pois política de acessibilidade deve ser prioridade, principalmente nas empresas públicas, não apenas em placas, mas também na prática


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.