ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Cachorrada em Poá

Já não é de hoje, que a cidade de Poá esta tomada de animais abandonados na área central, onde existe duas concentrações mais forte. Uma na Avenida Engenheiro Prefeito Jorge Francisco Correa Allen, lado de cima da cidade.

A outra, fica concentrada nas Praças do Relógio, Atílio Santareli e João Felippe Júnior. Mas em outras praças, e até ruas, pode se encontrar cães abandonados.

No primeiro local mencionado, existe uma grande concentração de pessoas, que usam os transportes público, trem e ônibus, sendo comum, os cães sujos, e por vezes com doenças e sarnas, usarem o mesmo assento, onde os passageiros também usam, para esperar a chegada dos coletivos.

Claro que isto é um problema de saúde pública, pois imagine uma cão com sarna e doenças usar o assento, que homens e mulheres usam, onde já provado cientificamente, que para as mulheres, é um grande risco, ser contaminadas em assentos, ainda mais nesta situação.

Um outro problema, é também por vezes; são que os cães cismam com alguém, ou alguma cor de roupa, e começam a latir, vindo do encontro a pessoas, a qual o animal não foi com a cara do cidadão(ã) - o que aconteceu com um amigo ontem.

Já pude ver ali, um motoqueiro que quase sofre um acidente, onde foi desviar de um cão, e quase atropelou outros.

Temos visto vários vereadores(a) na Câmara Municipal da cidade, que tem se mobilizado sim com os animais, por vezes mais preocupados em dar casa e abrigo aos animais, do que com o ser humano. Mas eles tem demostrado boa vontade, ao menos com os animais.


Direitos iguais também para os animais

O Poder Público, as autoridade, os quais deveriam por competência e tomar medida(s), não tomam. Ou será que o cidadão que paga impostos é que tem que executar algo?

Tem pessoas, taxistas, passageiros dos coletivos, que levam até o local alimento, colocam água, dão carinho e atenção aos bichinhos, que claro, gostam e balançam o rabinho, cheios de felicidade.

Mas estas pessoas, precisam ser orientadas, pelo poder público, e também ter um pouquinho de simancol, pois alimentando o animal ali,  e pra ele, é o seu, ou torna habitat natural.

Se alguém tem dó, e gosta do animal, fique a vontade para levar para casa, ou para um lugar ideal, o que não pode ser feito, e nem continuar, é dar água, comida e ração, para animais doentes abandonados na cidade de Poá.

7 comentários:

  1. Animais abandonados não é só questão de saúde pública. Da maneira como você fala, parece que os cães, que são abandonados e deixados à própria sorte, são os culpados. Não podemos esquecer da própria saúde dos animais, que ficam sujeitos a atropelamentos, maus-tratos, agressões, fome, sede, frio... A culpa não é dos pobres bichinhos, é de quem os abandona.

    Concordo com você quando você diz que quem gosta de animais, deveria os levar para casa. Eu adooooro animais, alimento cães de rua mesmo. Infelizmente, não posso levar todos para casa, isso seria inconcebível, não é verdade? Eu acho desumano passar por um cachorro e não fazer nada. Para mim, não existe diferença entre animais e humanos, acredita? Mas um animal nunca recusará a sua ajuda. Um humano sim. Uma vez, um cara veio me pedir dinheiro. Eu falei que, se ele quisesse, eu compraria comida para ele. Entrei no supermercado, comprei leite, pão... Quando saí, ele não estava mais lá. Ele queria dinheiro, não comida. Isso já me aconteceu várias vezes.

    Não sei se sabe, mas a Prefeitura e a Câmara de Poá firmaram parceria com a ONG Adote Já, com sede em Mogi das Cruzes e da qual sou voluntária. Abrimos uma subsede em Poá, faremos um censo zoosanitário para determinar a população animal da cidade (dentre cães abandonados, com dono e comunitários) e em breve teremos um canil. Assim, poderemos regatar os animais e fazer feirinhas de doação! Viu que legal?

    A medida por vir tarde, mas mais vale tarde do que nunca. A Prefeitura de Poá está fazendo aquilo que está ao seu alcance. Devemos cobrar medidas de donos irresponsáveis que abandonam os animais como se fosse lixo.

    Muitas pessoas me perguntam por que ajudo animais e não pessoas. Geralmente, essas pessoas também não ajudam ninguém. Logo, não tem moral nenhums para reclamar de quem ajuda um próprio cão que dorme em uma praça pública.

    Caso queira saber mais sobre o trabalho da Adote Já, entre no nosso blog (www.adoteja.wordpress.com) ou visite as nossas feirinhas, que são todos os sábados, das 10 às 17h, perto do Clube de Campo de Mogi das Cruzes. O nosso objetivo é fazer em Poá em breve tudo o que fazemos há quatro anos em Mogi.

    Um forte abraço,
    Ana Lima
    Voluntária e assessora de imprensa da ONG Adote Já
    adoteja@ig.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não sei se sabe, mas a Prefeitura e a Câmara de Poá firmaram parceria com a ONG Adote Já, que há aproximadamente dois meses inaugurou uma subsede na cidade. Em breve, farem os um censo zoosanitário, para determinar a quantidade de animais que vivem em Poá e teremos também um canil. Dessa forma, poderemos, resgatar os animais abandonados e, posteriormente, doá-los.
    A questão dos animais abandonados é, sim, de saúde pública, mas envolvendo também a saúde dos animais, que são abandonados por seres 'humanos', sujeitos a serem atropelados, judiados, agredidos ou mortos.
    Convido-o a visitar a ONG Adote Já, que faz feira de doação todos os sábados, das 10 às 17h, perto do Clube de Campo de Mogi. O nosso objetivo é fazer em Poá tudo o que fazemos em Mogi há quatro anos. Só em 2009, resgatamos 2 mil animais.

    "Tome partido. Neutralidade ajuda o opressor, nunca a vítima. Silêncio encoraja o torturador, nunca o torturado"- Elie Wiesel

    Att,
    Ana Lima
    Voluntária e assessora de imprensa da Adote Já
    www.adoteja.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Esqueci de deixar meu email de contato, caso queira saber mais sobre o nosso trabalho

    adoteja@ig.com.br

    ResponderExcluir
  4. Bom dia!
    Realmente o caso dos animais errantes em nossa cidade está muito sério.
    Porém, se um animal adulta está nas rua foi porque alguém o abandonou. Um animal não chega à vida adulta sozinho na rua, ou seja, ele teve uma casa, uam família que os descartou por velhice, doenças, cio, enfim, pelas causas mais ridículas.
    Trato de animais de rua ha mais de 10 anos, porém agora com mais critérios e apoio.
    Realizo feiras de adoção todos os sábadso no estaciobamento da clíniac veterinária Carlos Chagas e só neste último mês conseguimos lar para mais de 32 cães e 64 gatos. Ou seja, todos eles saíram das ruas.
    Sobre os animais da área central, apenas um está com sarna, que não tem cura e não é transmissível, e que está em constante tratamento. As fêmeas estão castradas, ou seja não se reproduzem mais. As que apareceram no cio na última quinzena foram abandonadas recentemente, pois conheço todos os cães da área central. Consegui parceria com a Pedigree para repasse de ração para os abandonados, que em hipótese alguma podem passar fome. Além do abandono,fome seria demais. Eu os alimento sim, pois eles são cães comunitários (Lei Estadual 12.916 Deputado Feliciano Filho). Se eles estão na rua foi por falha do poder público e não por culpa deles. Eles estão aí, pedindo socorro e vamos virar as costas?

    Silvia Carolina - ONG Cão Sem Dono
    silvia@caosemdono.com.br

    Obrigada

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Eu acho que o senhor, já que está tão incomodado, deveria dar um abrigo decente para cada animal indefeso abandonado.
    Pois, a culpa de haver um grande número de pobres animais abandonados é do homem e não do bicho.
    Faça valer a sua indignação, adote um animal, tire um ao menos das ruas, e incentive os seus amigos,inclusive esse que foi supostamente atacado, a fazer o mesmo, e divulgue no blog.
    Eu te garanto que esse problema seria resolvido.
    Afinal, os cães atacam para se defender, eu mesma, passo todos os dias nesses locais citados, e nunca presenciei fatos como esse que o senhor relata. Os bichinhos são dóceis e assustados, isso sim.
    Incentive a adoção, divulgue a ONG Adote já, que inclusive tem uma sede em Poá.
    Faça uma boa ação para os animais, pq eles sim são indefesos e estão expostos à violencia de gente ruim.
    Sem mais.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Amigos

    Quero dividir com vocês algumas boas noticias e o reconhecimento do NOSSO trabalho. Nosso porque cada um de vocês faz parte dele. Sem a ajuda de vocês nada disso seria possível.

    1. Cão Sem Dono se destaca na "Campanha Adotar é Tudo de Bom" promovida pela Pedrigree. Somos a ong destaque do mês.

    2. Nós últimos 60 dias batemos todos os recordes de adoção do Cão Sem Dono de todos os tempos. Foram 296 animais doados entre cães e gatos em nossas feiras de adoção, internet e unidades São Paulo, Poa e Itapecerica da Serra. Em todo ano foram mais de 500 animais.

    3. Devido ao trabalho modelo desenvolvido pela ong Cão Sem Dono, fomos convidados a dirigir o CCZ de um município aqui de São Paulo. Se tudo der certo será o primeiro CCZ modelo. Um CCZ onde os animais são tratados com amor, respeito e muita dignidade.

    4. Esse ano nossas feiras de adoção ganharam mais força. Nossa feira de adoção na Cobasi que era de terça a domingo agora é de Domingo a Domingo sem intervalo. Em Poa fechamos parceria com a maior e melhor clinica veterinária da cidade, onde montamos um centro de adoção permanente de animais todos os dias de domingo a domingo até as 23:00. Alem de nossa super feira aos sábados, e animais disponíveis para adoção em nosso site na internet.

    5. Cão Sem Dono em parceria com protetores independetes promove também a adoção de gatos. Nos primeiros três meses de parceria foram doados mais de 90 gatinhos, e 1 tonelada de ração para gatos, aos protetores que fazem parte dessa parceria.

    Ajudem a divulgar nossas feiras de adoção, nossos animais disponíveis para adoção em nosso site, e o nosso trabalho do Cão Sem Dono. Sua ajuda é muito importante para os nossos animais.

    Para contribuir com o nosso trabalho: Bradesco: agencia: 1480 conta corrente: 39641-9 ou Itau: agencia: 7847 conta corrente: 01301-3 Favorecido: Cão Sem Dono - CNPJ: 10157938/0001-73

    Uma boa semana a todos
    Equipe Cão Sem Dono

    Rafael R Miranda
    Tel. (11) 6344-0509
    rafael@caosemdono.com.br
    Silvia Carolina Marques
    silvia@caosemdono.com.brwww.caosemdono.com.br http://blog.caosemdono.com.br http://twitter.com/caosemdono

    ResponderExcluir
  7. Cachorrada e lixo

    Gosto muito de animais, principalmente de cachorro. No bairro do Mogi Moderno - Mogi das Cruzes -, porém, a população canina está extrapolando, há muito tempo, os limites do aceitável. Há cachorro solto na rua fazendo as necessidades fisiológicas nas calçadas. Cachorro late durante o dia; e uiva, gane e late durante a noite. É um verdadeiro inferno; haja poluição sonora. Coitado de quem precisa estudar, descansar ou dormir em paz. Existe ainda a cachorrada faminta, que rasga sacolas e sacos de lixo, até mesmo aqueles que estão no alto, colocados em suportes. A sujeira espalha-se pelas ruas, pois o caminhão do lixo não tem horário definido para a coleta.

    Vou aproveitar para fazer dois pedidos ao Senhor Prefeito, o primeiro é para instituir campanha para castração dos cães, em postos ou clínicas veterinárias municipais e o segundo pedido é que seja estabelecido horário e cumprimento por parte da empresa responsável pela coleta do lixo doméstico na cidade, diminuindo, assim, o acesso dos cães ao lixo.


    Monsueto Araujo de Castro - RG 4.672.512-X
    monsuetodecastro@uol.com.br
    Rua João de Miranda Melo, 544 - Mogi das Cruzes - SP - CEP 08717-420

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.