ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Postagem Erivania na Comunidade Poá com Acento


10 nov (2 dias atrás)

Erivania

Adilson...

Quanto ao fato de qualquer pessoa presenciar qualquer irregularidade no serviço público, acredito o fato de chamar a mídia, tirar fotografia, denunciar para os jornais irá corrigir a ilegalidade, acredito que em vez de "fazer estardalhaço" na imprensa não é bem a forma de exercer a Democracia; mas sim, sensacionalismo. Acredito que para corrigir as ilegalidade e os abusos no serviços público, em vez de mobilizar a imprensa, deve-se levar ao conhecimemto do Ministério Público para a apuração da responsabilidade, do agente público bem como da Câmara de Vereadores, para que esta, os nobres edis, exerçam a função para a qual foram eleitos, que é fiscalizar os atos do Executivo, num todo, e também os atos de seus pares, não só os atos do Chefe do Executivo, pois existem Vereadores "pseudo opositores" que se preocupam em demasia com os atos do Prefeito, que se esquecem dos demais Agentes Públicos e de seus próprios Assessores; pois, vc acredita que tem Assessor de Vereador que comete atos irregulares no exercício de suas funções? Vc acredita que tem veículo ofial da Câmara Municipal, que utilizado para fins particulares?

10 nov (2 dias atrás)

Erivania

Continuando Adilson...

Na época da campanha eleitoral, o Prefeito, então candidaton não tinha pucha saco não, tendo em vista que eram poucas as pessoas que acreditavam que podíamos ganhar a eleição. Contudo, após anunciada a VITÓRIA DE TESTINHA, menino! não sei de onde saiu tanta gente, e pessoas, que durante a campanha, eu sequer conheci, dizendo que trabalhou na campanha, que fez "boca de urna" é claro que, "DE GRATIS", "NO VASCO"(NA FAIXA), "NA CAMARADAGEM", pois não tinhamos "boca de urna", pois não é segredo pra ninguém, que não tínhamos dinheiro para pagar os chamados "boqueiros", e no dia seguinte às eleições? Quase que entrei com pedido de recontagem dos votos, pois estava convencida de que, Testinha tinha sido eleito com mais de 60% dos votos válidos, e não com 32%,conforme resultado do TRE, tendo em vista que era "tanta gente" que declarou ter votado nele... Foi nessa fase que tive a certeza do que é "puchaquismo" e "bajulação", tendo em vista que à epoca da campanha, certas pessoas, sequer nos olhavam, (me refiro a mim, meu marido e à nossa equipe, que era pequena) algumas, quando nos dirigia a palavra, e quando dirigia, zombavam conosco, porém, depois da eleição...

Quanto à sua Afirmação de que O PREFEITO NÃO FEZ NADA, NÃO FAZ NADA.. Desculpe-me, mas acredito ser equivoco de sua parte, pois o Prefeito já fez tantas coisas e existem outras tantes sendo feitas, caso queira ter a comprovação do que estou dizendo, estou à sua inteira disposição para lhe mostrar, é só ir até o Paço, me procure na Secretaria, que juntamente com as equipe da Secretaria de Obras, te levo pessoamente a cada obre realizada, serviço colocado à disposição do Munícipe, bem como às obras em andamento.






Cara Erivania

Antes de mais nada, quero deixar claro aqui, que o debate é no campo das ideias, o qual a pouco tentei falar contigo pelo telefone que esta no sítio do governo, mas fui informado, que não estava em vossa sala.



Poliano? Cadê?

Bem, estou lendo e relendo o que escreveu aqui - então, vamos por partes, onde comentarei aqui, com o meu ponto de vista. Mas antes, farei uma introdução, pois minha mente viajando pela cidade, me veio a baila, várias lembranças.

Nasci em Mogi das Cruzes, minha saudosa mãe criada em Ferraz de Vasconcelos, morou lá com o meu pai, o Alagoano de Arapiraca, assim que casaram.

Logo se mudaram para Poá, terra que meu pai já tinha raízes. Frui criado no Perracine, onde amassamos muito barro e respiramos muita poeira.

Já no centro da cidade, no final de semana, entre as poucas atrações da cidade, tinha os Parques de diversão, que vez outra era montado no terreno, onde hoje é entra do City Hotel.

Já no pátio da feira, tinha um depósito de banana, e no entroncamento da 26 de Março, com hoje avenida prefeito engenheiro Francisco Correa Allem, presenciei o prédio que pegou fogo, onde o Mineirinho já cortava cabelo.

Bebiamos água da SAAE, tirada do Rio Guaió, onde o prédio virou Câmara, e já naquela época, o então lider do prefeito Deneval Dias do Nascimento, já era vereador.

Estudei no Colégio Municipal, onde na época, era minha colega de escola, a vossa amiga Márcia Bin, hoje primeira dama.

A cidade foi crescendo, e desde aquela época, a Água Poá, já era responsável por ressoar o nome da cidade pelo Brasil.

Desde pequeno, participava da vida política da cidade, pois no bairro tinha o Macaco tá Certo “Agenor Pereira” - célebre político, e meu sempre mestre.

Hoje os dias são outros, a modernidade corre a passos galopantes, movida gigabytes, mas a cidade continua avançando, e junto com ela a vida política.

Claro que neste crescimento, veio muita gente boa, movida a vários interesses.


Dias atuais

Mas como começou dizendo de que qualquer pessoa que presenciar irregularidade no Poder Público. Cada um tem o seu ponto de vista, onde no geral o povo tem o governo que merece, pois se escolheu, sem critérios de uma política séria, e foi pego por uma ato de emoção ou dissimulação. Que receba o ônus daquilo de vossa escolha.

Digo isto, pois como és uma profissional de direito, sabe que temos que respeitar a individualidade de cada um. E o próprio Deus, ou Alah como acreditas, deu o livre arbítrio para cada um de nós.

Vivemos no estado democrático de direito, onde de um lado, os governantes e legisladores estão de um lado do cabo de guerra, e do outro o povo, pagador de impostos, onde quando se sente no direito de que classifica como estardalhaço. Pois pior do que o sensacionalismo da imprensa, é quando a classe política, usa de tal como expediente.

E o modo sensacionalista da mídia ser, ela é ressonância do povo, o qual sem opção de educação, fica com este cabresto, onde não é ensinado a pensar, muito menos a raciocinar. Basta ver como o tema educação é tratado no pais. Onde o ENEM, é apenas a ponto do iceberg.

Como praticante da advocacia, sabes muito bem, que grande parte do povo, nem imagina que o Promotor de Justiça, é o seu advogado nato, onde sua função, é manter o direito do cidadão funcionando a seu favor.
Já o modo em que coloca, ao meu ver; quer indizir, ou colocar mais um cabresto no cidadão, querendo que ele faça sua vontade. Não é assim que funciona mesmo.

Já a Câmara, tem outro papel nesta sociedade viva, e com toda sinceridade e respeito, vossa senhoria, não acompanhou a vida parlamentar do atual prefeito, onde gostaria que apontasse, qual foi o destaque dele como legislador que foi na cidade. Será que ele cumpriu mesmo com o papel de vereador? O que ele acrescentou ou fez desenvolver na processo do legislativo da cidade? Foi ele um bom vereador? Com certeza quem frequenta a Câmara com certeza tem a resposta certa e precisa.

Não digo de cobrar, de fazer uma discussão no campo das ideias, onde por muitas vezes o atual prefeito Testinha se pronunciava de forma combativa como legislador, e hoje como executivo, se embreou para executar coisas que até mesmo ele criticou. O que será que aconteceu?

Já que diz que existem Vereadores "pseudo opositores", nos esclareça melhor por favor, pois na sociedade também exite pseudo médicos, entre outros pseudos seja em que profissão houver, onde isto é fácil detectar, principalmente quando não se tem o respeito no meio acadêmico.

Agora quando diz que tem assessores que cometem irregularidades, não sou eu que tenho que relembrar vosso juramento profissional, que fez em vossa formatura.

Falo isto, pois presenciei um carro oficial da Prefeitura de Poá, em horário de expediente, dentro da casa de uma pessoa. Ou seja, o que fazia ele la?

Mas eu além de pagar meus impostos, será que tenho que ser gestor também, por incompetência do prefeito, secretário da pasta, diretor, chefe de divisão, e falta de bom senso do responsável pelo patrimônio público?



Época de eleição

Na época de eleição, como profissional de comunicação, procurei vosso candidato a prefeito, onde ofereci um serviço, pois Graças a Deus, sei bem dividir as coisas. Mas ele sabonetou, mandou falar com pessoas, as quais rechaçaram não a mim, que sei bem dividir as coisas, e sei bem de qual fonte devo beber água. Onde tais pessoas, sem maturidade e profissionalismo, foram as mesmas que apualaram vosso grupo pelas costas. Veja que cruel destino. Claro que ele não tinha staff.

E teve gente, da equipe do hoje prefeito Testinha que, comemorou com a turma do Roberto Marques. O qual em sua governabilidade, deu oportunidade para várias pessoas trabalhar e aprender, onde diversos foram chamados para poder mostrar e trabalhar carregando nas costas muito aprendizado e várias responsabilidades. Mas na hora de aparecer na foto, advinha quem faz pose? É o bonitinho que fica preocupado em ter o nome nos sites e internet. Mas isto é outra história.

Pois bem, eu fiquei sabendo sim, de vários penetras, onde também, estão hoje trabalhando no governo do prefeito Testinha, onde até eu recebi o convite para a festa. Mas o culpado disto, é o próprio Testinha, que tem gente que sem critério político, hoje faz parte de sua equipe de trabalho, e te garanto com muita tranquilidade, como diz o secretário Dorval. Não fui eu quem assinou a portaria para tal.

Sobre o prefeito fazer ou não, o Eduardo Carlos Felippe, quando prefeito, em seu último mandato, durante seus 4 anos, tinha a verba de orçamento, que o atual prefeito Testinha teve agora no ano de 2010.
Me diga o que ele fez de relevante para a cidade por favor. Pois o povo quer saber, e olha que ele informar o que esta fazendo com o dinheiro público, esta bem tácito na Constituição Federal.

Ele não cumpre nem a lei Anti Fumo, onde na Festa das Orquídeas, só foi tomada as medidas, após este cidadão informar a Secretaria Estadual de Saúde, onde a Municipal, recebe verba, e não faz cumprir a referida lei, fazendo valer as políticas pública sobre o tabagismo e seus males. Situação discutida hoje por políticos inteligentes e modernos.

Mas será que é competência minha cuidar do sítio do governo municipal onde não atualiza suas informações?
Será responsabilidade minha ou de qualquer outro cidadão, limpar sujeira que esta acumulada a vários dias, no espelho d'água do chafariz das Praças da Bíblia e Guido Guida?

E o Departamento de Transito, o qual nunca vi ou presencie, alguma ação de Educação no Transito, sendo que tem funcionários, ao contrario, é mal educado, e não gosta de fornecer informações, onde viram as costas, ignorando a solicitação ou informação.

Hoje pela manhã, na avenida 9 de julho, um prédio em construção, onde de frente da Lojas Americanas, estava sendo feita adequação da calçada (reforma), onde os proprietários, colocou barreiras induzindo o cidadão para circular na via pública, ou seja, na rua, onde corria o risco de ser atropelado por um carro, ônibus ou caminhão.

Presenciei uma viatura do transito, (a qual não tem número de identificação) onde informei ao Funcionário Público o que estava acontecendo. Onde o mesmo nem desceu do carro, mas disse que ali, era responsabilidade da MWE, não tomou nenhuma medida, e as pessoas continuou a circular pela via pública.


Visitas in loco

Será um prazer, acompanhar a digníssima secretária, para saber mais sobre o que esta sendo feito na cidade, onde é de competência do Departamento de Comunicação, informar o que esta sendo feito com o prefeito, e demais servidores municipais, do que ficar tirando foto dele andando na cabine de trem com o governador.

E não somente saber das obras, mas do governo por um todo, principalmente da edução e saúde, sendo a última de grande importância para o prefeito Testinha.

Onde providenciarei não só uma câmera fotográfica, como uma de vídeo, onde podermos ir sim, desde a divisa de Itaquá com Poá, circulando pelos quatro cantos da cidade, claro que passando pelos postos de saúde e corredores do hospital, onde poderemos sim sem edição, postar tudo o que o povo disser.
Com certeza, teremos que ficar uma semana correndo a cidade. Pois volto a dizer, um governo sério, equane de aceitabilidade popular, não é feito só de obras.


Um comentário:

  1. O nossa problema é quem está no comando, não vestiu a farda azul e só lembra da policia militar, esquecendo que a GCM também trabalha para ajudar a população e manter a ordem.
    A Secretaria de Segurança de Poá esta só no papel como a Secretaria da Mulher, a Secretaria de Habitação, Secretaria de Turismo e Meio Ambiente, mantendo os cargos de Assessores com salários altos e não fazem nada.
    O Assessor tem direito à 6 abonadas, licença prêmio, dedicação exclusiva, premiação e 50% de nível universitário.
    Eu sou Funcionário Concursado e não tenho direito a nada será que vale a pena colocar a farda por mil e cem reais por mês.
    Esse e o desabafo de GCM de Poá.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.