ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

sexta-feira, 2 de março de 2012

Ministério Público investiga reajuste de políticos em Poá


O Ministério Público de Poá (SP) abriu inquérito para investigar se houve improbidade ou ilegalidade no projeto que reajusta os salários de vereadores, secretários, do prefeito e do vice-prefeito da cidade. O percentual de aumento chega até a 80%.

Os projetos de lei que foram aprovados no dia 24 de fevereiro pela câmara tiveram muita repercussão no município. Com nariz de palhaço, faixas e apitos, os manifestantes fizeram muito barulho antes de a sessão começar.

No caso dos vereadores, o salário vai passar de R$ 6 mil para R$ 10 mil. O prefeito, que ganha R$ 12,5 mil vai passar a receber R$ 22,4 mil.

Na terça-feira (28), os manifestantes foram em passeata até a prefeitura, onde receberam a informação de que o reajuste é legal e que deve ser assinado pelo prefeito Francisco Pereira de Souza, o Testinha.

A representação no Ministério Público foi assinada por várias entidades que representam a comunidade. A responsável pelo inquérito é a promotora Karina Scutti, que já pediu informações à câmara.

O Diário TV entrou em contato com a prefeitura e com a câmara nesta sexta-feira (2), mas foi informada que o prefeito e o presidente do legislativo estão fora da cidade.

Click e Assista o Vídeo:


Fonte: TV Diário

2 comentários:

  1. Até onde eu sei, o reajuste no salário dos prefeitos e vereadores está diretamente relacionado ao reajuste de deputado, governador, senador, e assim vai. O que um cientista político me explicou é que o único jeito é mudando a constituição. =///

    ResponderExcluir
  2. Diante dessa informação dá pra desconfiar que o Ministério Público tem problemas sérios, na seleção de assuntos pra investigação.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.