ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Correspondente de emissora estadunidense teria sido violentada no Egito


A correspondente da emissora americana CBS, Lara Logan, teria sido vítima de agressão e violência sexual enquanto cobria a celebração pela queda do presidente Hosni Mubarak, na última sexta-feira (11), na cidade do Cairo, capital do Egito. 

Divulgação CBS News 
Lara em praça no Egito
"No meio da multidão, ela foi separada da equipe. Foi cercada e sofreu um brutal ataque sexual e espancamento antes de ter sido salva por um grupo de mulheres e cerca de 20 soldados egípcios", diz a nota da emissora, segundo informa a agência AP.

De acordo com o comunicado, um grupo de 200 pessoas em meio à festa cercou a equipe, que produzia reportagem para o programa "60 Minutes".

A nota diz, ainda, que a correspondente entrou em contato com a emissora, retornou ao hotel e aos Estados Unidos no primeiro voo na manhã seguinte. "Ela está agora em um hospital se recuperando".

"Não haverá outros comentários da CBS e a correspondente Logan e sua família respeitosamente pedem privacidade neste momento", diz o texto.

Redação Portal IMPRENSA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.