ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Dono da Palavra

Caro Senhor Dono das Palavras, venho mui respeitosamente, pedir vossa permissão, para pode usar uma palavra. Óhhh Grande Senhor Propietario das Palavras.

Permita-me também, eu poder pensar, e viver as garantias constitucionais as quais como cidadão tenho direito.

Me perdoe por ser cidadão, e querer fazer minha parte, pois sei também que por eu ser cidadão, isto incomoda vossa pessoa.

Grande Maginânimo

Me responda por favor:

Minha existência te incomoda?

E minha maneira de pensar, e expor meus pensamentos, te incomoda também?

Meu trabalho te incomoda também?

Minha maneira de ganhar o pão de cada dia, e levar um salário honesto para dentro do meu la te traz tristeza, angustia, e te deixa incomodado?

Se precisar pode ligar para os seus anjos da guarda e pedir orientação. Ou será que foram um dos seus pseudoservos que lha instrui?

Grandérrimo dono da razão, me perdoe por ter pensado e raciocinado.

Mas factóide, pode ser giria, linguagem esta pertinente as pessoas que assim gostam. A gíria começou como um pseudoato de anarquismo nos anos 60, onde os caras para impressionar, falavam também na gíria para impressionar seus parceiros e mulheres. Depois evolui, e hoje é muita usada a gíria na malandragem, o pessoal dos partidos dos crimes, adoram falar assim.

Já as pessoas educadas, de bem, gente de caráter, e boa índole, não faz parte do seu convívio social, este tipo de linguajar.

Pode ser também, um fato divulgado com sensacionalismo, com ou sem fundo de verdade.

Já outros, gostam da frase a seguir? "Aos amigos tudo, aos indiferentes o rigor da lei e aos inimigos a morte lenta e cruel...". Mas como vivemos em um mundo de diversidades, as pessoas de bem, respeita cada um na sua. Isto é Cultura. E Cultura, ão é somente ficar contando com um violão, ou carregar um CD pirata em baixo do braço (sem os devidos registros legais)

E meus pais, me ensinaram a respeitar sempre seus superiores, seja em uma sala de aula, no trabalho, ou seja, temos que nos submeter sempre aos nossos superiores hierárquico, papai e mamãe sempre nos ensinou isto, não entrar aos berros em uma sala, questionando o superior, e usando de outros expedientes, tipo rabo preso, da cartilha FF de ser e viver.

E pelo que me lembro, onde minha memória sempre foi e é boa nesta área, por onde trabalhei, respeitei sempre meus superiores, cumprindo o seu pedido em no trabalho, se quiser referência, converse com eles, pode passar pela Komatsu, VASP, etc.

E sobre a contradição, também esta perdoado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.