ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Brasil, estado falido

Entidade dá R$ 12 mil por informação de bandidos no Rio

Entidades estão oferecendo R$ 12 mil por informações que levem à prisão os responsáveis pelos disparos que mataram dois policiais e derrubaram o helicóptero Fênix 3 da Polícia Militar (PM) na manhã de sábado, durante a operação no Morro dos Macacos, na zona norte do Rio de Janeiro.


Segundo informou a pouco a agência estado, conforme nota acima, eu fiquei pasmo e pensativo a respeito disto. Pois cadê o estado?

Já não é de hoje, que o tráfico esta fazendo um trabalho social, ou seja, esta ocupando o lugar, onde era a função do estado dar guarida ao cidadão.

É como eu sempre digo, não adianta o pessoal das classes A - B - C e D construirem suas mansões, casas, abrigos, paraisos terrestres, e não fazer um trabalho de base.

Na madrugada do domingo, na cidade de Cotia, grande São paulo, um grupo de 12 a 15 homens invadiu o condomínio de alto padrão Parque Refúgio. Armados de revólveres e espingardas, os criminosos realizaram um arrastão em algumas casas após parte da quadrilha, ocupando um Ford EcoSport roubado, passar pela portaria usando um controle remoto. Os funcionários da portaria foram dominados, possibilitando a entrada dos demais bandidos. Muito nervosos, os assaltantes, em duas das casas invadidas, procuravam por cofres, mas nenhum foi encontrado.


Então eu pergunto: Qual a função do Estado?


Para Thomas Hobbes, a única função do Estado é manter a paz entre os cidadãos. Cada homem, ao querer possuir o que entende ser necessário para si mesmo, pode entrar em conflito com outro que poderá querer a mesma coisa.

Se não houver quem regule, quem organize a convivência humana, o que impera é a lei do mais forte, ou mais astuto. Sempre haverá alguém que poderá colocar em risco minha sobrevivência se eu não tiver como me proteger.

O Estado surge como necessidade de construção da paz. Abrimos mão de nossas capacidades de autoconservação, de autodefesa e as delegamos ao Estado, constituído através de um contrato, para que cuide de nossa segurança, para que possamos viver civilizadamente, para que não vivamos em eterna guerra de todos contra todos.

O Estado hobbesiano é soberano. Depois de constituído, de formalizado, tem poderes ilimitados de organizar a sociedade como melhor lhe aprouver. Sem Estado não há civilização, não há cidadania, não há paz
Fonte: http://biblioteca.universia.net/ficha.do?id=36516672

Enquanto isto, os governantes do Brasil, aparecem na mídia emocionados e chorando, porque o Rio de Janeiro, vai sediar as olimpíadas e copa.

Vi também, os familiares dos três jovens chorando, um choro não fingido, mas de dor, de saudade, e de total falta de segurança do estado, onde na Constituição e na Declaração Universal dos Direitos dos Homens, esta assegura (só no papel) o direito à vida, à liberdade, à segurança, etc.


Só me resta agora, meditar nas palavras do Salmo 73, que diz:
Os maus não sofrem; eles são fortes e cheios de saúde. Eles não sofrem como os outros sofrem, nem têm as aflições que os outros têm.

Por isso, usam o orgulho como se fosse um colar e a violência, como uma capa. O coração deles está cheio de maldade, e a mente deles só vive fazendo planos perversos.

Eles gostam de caçoar e só falam de coisas más. São orgulhosos e fazem planos para explorar os outros.

Falam mal de Deus, que está no céu, e com orgulho dão ordens às pessoas aqui na terra. Assim o povo de Deus vai atrás deles e crê no que eles dizem.

Fica os meus sentimentos a família não só dos três jovens mortos no Rio de Janeiro, mas aos familiares dos policias mortos, e jovens que foram agregados pelo crime, por diversas questões, onde o estado faltou.

Só para lembrar, na bandeira do Brasil esta escrito: "Ordem e Progresso"


Agora veja com o que o presidente Lula esta preocupado, veja o que divulgou a Agência Brasil


Lula: Brasil merecia obra como a revitalização do Rio São Francisco



Brasília - Ao comentar as visitas às obras de integração e revitalização do Rio São Francisco, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje (19) que o país “merecia” uma obra como essa. “É uma obra extraordinariamente importante para o Brasil”, disse em seu programa semanal Café com o Presidente.

Lula lembrou que cerca de R$ 6 bilhões estão sendo investidos nas obras e que o objetivo é não apenas disponibilizar água à população mas também possibilitar a coleta de esgoto em todas as cidades localizadas às margens do rio.

“Há uma parte dessas obras onde se trabalha noite e dia. Penso que essa obra vai fazer um diferencial na parte mais empobrecida do país.”

O presidente encerrou na última sexta-feira (16) a vistoria de três dias às obras de transposição do Rio São Francisco, depois de passar pelos estados da Bahia, de Minas Gerais e de Pernambuco. Segundo Lula, 12 milhões de pessoas que moram no Semiárido nordestino serão beneficiadas pelas obras.

Reclamar pra quem? Fique ai conversando como seu cartão de plástico Bolsa Família, e tá tudo certo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.