ÂNGULO PRODUÇÕES

ÂNGULO PRODUÇÕES
Serviço Profissional de Fotojornalismo e Vídeojornalismo - Informações Ligue (11) 2854-9643

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Marina e Chico Alencar lideram preferência dos jornalistas

Os dois estão entre os 38 parlamentares que a partir de hoje serão submetidos ao voto dos internautas, na etapa decisiva do Prêmio Congresso em Foco 2009

Sylvio Costa

A senadora Marina Silva (PV-AC) e o deputado Chico Alencar (Psol-RJ) são os melhores parlamentares deste ano, segundo os 176 jornalistas que participaram da primeira fase de votação do Prêmio Congresso em Foco, realizada por este site em conjunto com o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal.

Especializados na cobertura do Congresso Nacional, os jornalistas indicaram os deputados e senadores que participarão da fase decisiva do prêmio, a se realizar de hoje até 19 de novembro, período no qual os internautas definirão a classificação final dos pré-selecionados e ainda os vencedores em outras quatro categorias:

- os parlamentares que mais se destacaram nas áreas de combate à corrupção, defesa do meio ambiente e da educação (leia mais); e
- a melhor iniciativa do Congresso em 2009.

Entre aqui para votar.

Para visualizar os resultados parciais,
clique aqui.

De acordo com as regras do prêmio, independentemente da votação final que tiverem na consulta aos internautas, Marina e Chico Alencar já receberão prêmios especiais por terem sido os mais votados pelos jornalistas.

Os pré-selecionados

Como os votos apurados dos jornalistas resultaram em empate na última colocação, tanto na Câmara quanto no Senado, o número de parlamentares pré-selecionados para a votação na internet ficou ligeiramente acima do total de dez senadores e 25 deputados previstos.

Assim, 27 deputados federais e 11 senadores disputarão o voto dos internautas como os melhores congressistas de 2009.

Segue a relação dos indicados e o número de votos que eles obtiveram dos jornalistas:

Senado Federal

Marina Silva (PV-AC) - 89 votos
Demóstenes Torres (DEM-GO) - 84 votos
Pedro Simon (PMDB-RS) - 72 votos
Cristovam Buarque (PDT-DF) - 63 votos
Renato Casagrande (PSB-ES) - 53 votos
Eduardo Suplicy (PT-SP) - 45 votos
Paulo Paim (PT-RS) - 42 votos
Flávio Arns (sem partido-PR) - 42 votos
Alvaro Dias (PSDB-PR) - 40 votos
Aloizio Mercadante (PT-SP) - 37 votos
Arthur Virgílio (PSDB-AM) - 37 votos

Câmara dos Deputados

Chico Alencar (Psol-RJ) - 60 votos
Gustavo Fruet (PSDB-PR) - 56 votos
Fernando Gabeira (PV-RJ) - 42 votos
Flávio Dino (PCdoB-MA) - 37 votos
Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ) - 36 votos
Michel Temer (PMDB-SP) - 31 votos
Maria do Rosário (PT-RS) - 26 votos
Mauricio Rands (PT-PE) - 25 votos
Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) - 24 votos
Luiza Erundina (PSB-SP) - 18 votos
Henrique Fontana (PT-RS) - 18 votos
ACM Neto (DEM-BA) - 14 votos
José Carlos Aleluia (DEM-BA) - 14 votos
Beto Albuquerque (PSB-RS) - 13 votos
Ivan Valente (Psol-SP) - 13 votos
Arnaldo Madeira (PSDB-SP) - 11 votos
Ronaldo Caiado (DEM-GO) - 11 votos
Aldo Rebelo (PCdoB-SP) - 8 votos
Miro Teixeira (PDT-RJ) - 7 votos
Manuela d'Ávila (PCdoB-RS) - 7 votos
Luciana Genro (Psol-RS) - 6 votos
Júlio Delgado (PSB-MG) - 6 votos
José Eduardo Cardozo (PT-SP) - 6 votos
Dr. Rosinha (PT-PR) - 6 votos
Sarney Filho (PV-MA) - 5 votos
Vicentinho (PT-SP) - 5 votos
Rita Camata (PSDB-ES) - 5 votos


O prêmio

Em sua quarta edição, o Prêmio Congresso em Foco tem o patrocínio da Petrobras e da AmBev e o apoio da Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), do Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal (SJDF) e do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e do Tribunal de Contas da União (Sindilegis).

Vários cuidados foram tomados para garantir a segurança na votação. Primeiro, o internauta deve digitar um código criptográfico que impede a utilização de robôs ou qualquer sistema de execução de votos em série. Ele também deve indicar um e-mail no qual receberá o link para confirmação do voto. O voto somente será computado depois de confirmado por e-mail, o que elimina a possibilidade de utilização indevida de e-mails de terceiros.

Cada internauta poderá votar em até dez deputados federais e cinco senadores, na escolha do prêmio principal. E indicará somente uma opção nas categorias especiais (melhor iniciativa do Congresso em 2009 e parlamentares que mais se destacaram nas áreas de combate à corrupção, promoção do meio ambiente e defesa da educação). Durante toda a votação, serão monitorados os servidores de internet de onde vêm os votos (os chamados IPs de saída), podendo ser bloqueado aquele IP que apresentar quaisquer indícios de uso irregular.

O Prêmio Congresso em Foco, um convite à analise do desempenho individual dos representantes eleitos, é um esforço para alcançar ao mesmo tempo vários objetivos:

- Reconhecer o trabalho dos deputados federais e senadores que se destacam no cumprimento de suas obrigações.
- Valorizar os bons exemplos, de modo a incentivar os parlamentares federais a desempenharem o papel que deles se espera, e, ao mesmo tempo, sinalizar ao eleitorado que melhorar a qualidade da nossa representação política é possível.
- Estimular a população a analisar o desempenho individual dos representantes eleitos, propiciando a participação política dos cidadãos na definição dos congressistas a serem agraciados.
- Contribuir para formar eleitores mais conscientes, capazes tanto de ver o Congresso e a política com maior acuidade quanto de exercer integralmente a cidadania.
- Difundir o conceito democrático de que os direitos e deveres dos eleitores vão além do simples ato de votar, a cada eleição, e devem necessariamente incluir o acompanhamento ativo, permanente e consciente da atuação dos representantes eleitos.
- Enfrentar mitos que afastam vários brasileiros da vida política, como as ideias de que todos políticos são iguais ou de que uma representação legislativa trabalhando em favor da população é sempre impossível, noções aliás muitas vezes usadas para justificar teses autoritárias (como o fechamento do Congresso) ou cínicas (tipo “já que liberou geral, locupletemo-nos todos”).

Fonte: Congresso em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação e interação, o seu comentário será avaliado, para depois ser postado.

Continue postando os seus comentário.